Inscrições para o 2º Concurso de Moda Inclusiva

Por: Carolina Orssolan

modaa
1° edição do Concurso e Desfile de Moda Inclusiva (Crédito: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Campinas)

Estão abertas as inscrições para o 2º Concurso e Desfile de Moda Inclusiva, promovido pela Prefeitura de Campinas. O objetivo do concurso é incentivar a inclusão das pessoas com deficiência na indústria da confecção e produção de moda.

As inscrições, que são gratuitas, serão recebidas até o dia 20 de maio e devem ser feitas pelo portal da Prefeitura de Campinas. Para isso, basta clicar no banner do “2º Concurso de Moda Inclusiva”, ou, diretamente, pelo link. Ao finalizar a inscrição, o candidato recebe um e-mail com a confirmação da inscrição.

Estudantes da área de moda (seja ensino superior ou técnico) de Campinas e região terão a oportunidade de se lançar como estilistas, criando peças de roupas bonitas e funcionais para pessoas com deficiência. As peças deverão ser desenhadas de acordo com cada tipo de deficiência, e para isso, estudantes e estilistas participantes precisam escolher a pessoa que servirá de modelo para o ”look” que irão criar.

A estudante de moda Júlia Carvalho já se inscreveu para o concurso e espera ser uma das finalistas. ”O concurso nos estimula a ter um novo olhar e pensar em soluções que facilitem o cotidiano de pessoas com deficiência. Estou na expectativa de poder participar do desfile”, comenta Júlia.

Regras

Não há limites de vagas e podem participar pessoas de Campinas e da Região Metropolitana, sendo que cada candidato poderá inscrever mais de um ”look”. No ato da inscrição, na página da Prefeitura Municipal de Campinas, o candidato deverá anexar um arquivo com o croqui do vestuário que pretende desfilar.

Depois de finalizado o período de inscrições, os candidatos serão convocados pela Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida para apresentar o material físico, que será avaliado por Comissão Julgadora, nos seguintes aspectos: croqui, ficha técnica, explanação sobre tema/inspiração, painel de inspiração, cartela de cores, cartela de materiais e cartela de tecidos.

Infográfico Moda

Novidade

A edição deste ano terá uma novidade: um grupo de voluntários (pessoas com deficiência) que estão dispostos a servir de modelo aos candidatos do concurso. O estudante, caso queira, poderá visitar o link, conhecer os voluntários e, caso se interesse, entrar em contato diretamente com o voluntário para convidá-lo a ser modelo de sua criação.

O candidato, também, poderá escolher outra pessoa que não faça parte desse grupo. O banco de voluntários pode ser acessado pelo link.

Para a Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Emmanuelle Alkmin, o concurso representa a oportunidade das pessoas com deficiência mostrarem mais de si e serem protagonistas, por meio do que vestem. “A moda atual não é inclusiva e o que vestimos diz muito de cada um. Com a moda inclusiva, podemos ter o direito de escolha”, diz Emmanuelle.

Finalistas

Uma Comissão Julgadora formada por cinco membros selecionará 12 concorrentes. Um membro da Comissão Julgadora é parte da Secretaria da Pessoa com Deficiência, e os demais membros são representantes da sociedade civil. O voto será secreto.

A divulgação dos finalistas está marcada para o dia 19 de agosto, em publicação no Diário Oficial do Município. O desfile, com os desenhos escolhidos, acontecerá no dia 13 de setembro, no Hotel Vitória, com anúncio dos vencedores.

Três estudantes serão premiados. O primeiro lugar ganhará uma viagem aérea nacional com direito a acompanhante e uma máquina de costura. O segundo e terceiro lugares receberão uma máquina de costura, cada.

29e7870b3635a184c59820e8c5d5c940
A vencedora do 1° Concurso e Desfile de Moda Inclusiva, Révila Possidonio (Créditos: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Campinas)

1° Edição

A estudante de moda Révila Possidonio foi a vencedora do 1° Concurso e Desfile de Moda Inclusiva de Campinas, realizado em setembro de 2015. Confira matéria a feita pelo Digitais

Para vencer o concurso, a estudante criou um “look” que aliou conforto, facilidade e elegância, mostrado na passarela pela cadeirante Jaqueline Oliveira. Era um conjunto de calça e blusa com tecido flexível.

Com a vitória no 1° Concurso e Desfile de Moda Inclusiva de Campinas, Révila ganhou uma viagem aérea nacional, com direito a acompanhante, e uma máquina de costura, além de participar do Desfile Internacional de Moda Inclusiva, realizado em São Paulo no mês de novembro daquele ano.

Edição: Vitor Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s