Museu Dinâmico de Campinas apresenta o infinito do universo ao alcance dos olhos

Por Mariana Fernandes

O planetário, um dos setores do Museu Dinâmico de Ciências de Campinas (MDCC), está com sessões e exposições abertas ao público neste mês de março. Inaugurado em outubro de 1987, o espaço já recebeu aproximadamente 580 mil pessoas em atividades destinadas às escolas e ao grande público.

20160323_141810
Entrada do Planetário na Lagoa do Taquaral (Foto: Mariana Fernandes)

A professora de ciências, Emília Guirau, também é parte desse universo. Ela acompanhou os alunos em uma visita ao planetário. “Eles ficaram fascinados, pois mostraram a visão do espaço, que foi muito semelhante à realidade. O que eles mais gostaram foi a chuva de meteoros, e quando um deles caiu na Terra.”

A sala onde está a máquina planetário possui uma cúpula de oito metros de diâmetro e capacidade para atender 61 pessoas. Lá dentro há um multiprojetor que reproduz fenômenos celestes visto a olho nu.

sala
A sala com a máquina planetário (Foto: Mariana Fernandes)

Para a pedagoga e planetarista, Rosana Lima, o Planetário, além de um dos mais importantes instrumentos pedagógicos para a aprendizagem da Astronomia, é um local em que se trabalha o lúdico. “Aqui é a prática do que eles aprendem em sala de aula,” disse.

“Essa é uma matéria que eu já tinha trabalhado em sala, então, o conteúdo eles já conheciam. O difícil nessa faixa etária é compreender a noção do infinito, porque eles têm sempre esta noção de que tudo tem um fim. Então é muito complicado falar de astronomia, porque você fala “é do tamanho das estrelas”, e eles não têm essa noção de dimensão e de tamanho. Mas facilitou a vivência. O que mais me fascina é o olhar das crianças, porque você vê a alegria deles, eles acham tudo o máximo, fantástico.“, completa Emília.

Atividades

São dois tipos de atividades destinadas ao público escolar e universitário. São elas:

Curta duração – também chamada de sessão escolar, tem por objetivo instigar os estudantes para conhecerem o céu com seus principais astros e movimentos. As atividades de curta duração são desenvolvidas de acordo com a idade de cada aluno.

Longa duração – tem por objetivo apresentar , de maneira teórica e lúdica, determinado tema da Astronomia para que os estudantes conheçam melhor os conceitos vistos durante a visita ao planetário.

A programação, que muda conforme as estações do ano, mantém as sessões e exposições, além de cursos, palestras e noites de observação ao céu em datas específicas.

Do café às estrelas

O novo projeto do qual o Planetário faz parte em parceria com o Museu do Café tem por objetivo trabalhar a ação educativa. A trilha, que começa no Museu do Café, compartilha com estudantes de escolas e universidades as vivências e experiências de uma Campinas do século XX. Logo após conhecerem as histórias do café, os estudantes seguem por uma trilha ecológica até o Museu Dinâmico de Ciências e o passeio termina com uma sessão no Planetário.

As visitas, para grupos de até 40 pessoas, podem ser agendadas pelo telefone (19) 3252-2598.

O Planetário tem sessões públicas durante todos os dias da semana em períodos de férias, em janeiro, fevereiro e julho; nos outros meses, as sessões precisam ser agendadas durante a semana. Normalmente, as sessões públicas acontecem aos domingos. Além disso, há palestras sobre astronomia e a exposição situada no Museu Dinâmico de Ciências, “Energia que se move”.

20160323_150715
Exposições “Modelos pedagógicos de astronomia e equipamentos astronômicos” e “Universo” (Foto: Mariana Fernandes)

Exposições

A exposição “Modelos pedagógicos de astronomia e equipamentos astronômicos” possui equipamentos astronômicos como globos terrestres e telescópios. Já a “Universo” traz imagens do sistema solar e de um ônibus espacial. Ambas podem ser vistas antes do início das sessões no Planetário.

20160323_150738
A Esfera Armilar é um dos objetos expostos (Foto: Mariana Fernandes)

Energia que se move

Essa exposição, localizada no Museu Dinâmico de Ciências, trata dos processos de transformação de energia. Um dos principais destaques é a importância da energia solar, que chega à Terra em forma de luz e calor, sendo assim, consumida por plantas, para a fotossíntese, e é também transformada em diversas outras formas de energia consumidas pelas pessoas.

Serviço

Local: Planetário de Campinas (entrada portão 5) – Parque Taquaral. Av. Dr Heitor Penteado, s/n, Parque Portugal – Campinas
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 16h

Sessões de Planetário para o público em geral
Data: 3, 10 e 17 e 24 de abril
Horário: 16h
Duração: 50 min
Ingresso: R$ 8 (inteira), R$ 4 (meia), isentos (a partir de 60 anos). Os ingressos são vendidos cerca de 30 minutos antes do início da sessão

Sessões de Planetário para grupos e escolas (previamente agendadas)
Data: segunda a sexta-feira
Horário: 9h, 10h30, 14h, 15h30
Duração: 60 min
Informações: (19) 3252-2598

Exposição “Energia que Move”
Data: aos sábados e domingos
Horário: das 14h às 17h
Entrada: gratuita
Idade mínima: 8 anos
Informações: (19) 3243-5664

Editado por Arcilio Neto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s