Jogos sérios recebem investimento do Governo Federal

INOVApps
INOVApps atraiu empresas e usuários de várias regiões do país (Crédito: Baboo.com.br)

Por Anderson Epifanio

O Governo Federal, por meio do Ministério das Comunicações, vai investir R$ 4,5 milhões na produção de jogos sérios e aplicativos para dispositivos móveis. Chamado de INOVApps, o concurso deve divulgar nesta sexta-feira (31), a lista  preliminar com os 850 projetos pré-selecionados. A lista final, com os 50 melhores projetos será anunciada no  encerramento do evento SBGames, em Porto Alegre-RS, a ser realizado no dia 14 de novembro.

Com mais de 2.464 inscrições de pessoas físicas e empresas, o edital é uma parceria do Ministério das Comunicações com o Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB) e faz parte da Política Nacional de Conteúdos Digitais Criativos e está sendo desenvolvida ao lado de órgãos municipais, estaduais e federais para expandir os segmentos produtores desses conteúdos no país.

Os R$ 4,5 milhões serão divididos entre os 50 projetos finalistas, onde os 25 projetos voltados para a criação de jogos sérios receberão o prêmio de R$ 80 mil, cada um, e os outros 25 projetos, voltados para a produção de aplicativos para dispositivos móveis, levarão o prêmio de R$ 100 mil, cada um.

Jogos sérios

De acordo com o Edital lançado em meado de agosto pela parceria entre o MiniCom e o CDT/UNB,  “serious game“, em tradução literal do inglês é um software ou hardware desenvolvido através dos princípios do desenho de jogo interativo, com o objetivo de transmitir um conteúdo de caráter educativo.

Nos anos 2000, o termo “serious games” passou a ser usado para designar jogos eletrônicas que ensinavam.

Esses jogos podem estar ligados as áreas da defesa, da educação, exploração científica, serviços de saúde, gestão de emergência, planejamento urbano, engenharia, religião e política.

Untitled Banner
(Crédito: Anderson Epifanio)

Guia de Carreiras

 Um exemplo de projeto que está concorrendo ao prêmio é o “Guia de Carreiras” da empresa Artics. Segundo um dos desenvolvedores, Arthur Padilha, a ideia do projeto começou quando eles identificaram um grande aumento na evasão de estudantes nas universidades.

“Diante dessa realidade, pensamos em uma plataforma que vai possuir vários materiais para auxiliar o estudante no processo de decisão do curso universitário que ele deverá escolher. O aplicativo vai possuir testes vocacionais, informações sobre os cursos, áreas de interação entre os estudantes, notícias e muito mais.”

Ainda segundo Padilha, a ideia é que o aplicativo se torne o principal canal de pesquisas para os estudantes, e traga informações sobre cursos e faculdades do Brasil.

Editado por Fabiana Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s