Considerado decadente pela população, Centro de Campinas é alvo de vândalos

Por Victor Donato

A área central de Campinas é uma das regiões mais degradadas do município, quem vê a situação atual do centro relembra com carinho as décadas anteriores. “Campinas era uma cidade bonita, o centro parecia moderno, além de florido, gostava muito daqui”, é o que diz Henrique dos Santos, morador da região há cinquenta anos.

Área arborizada atrás da Catedral Metropolitana, na década de 80
Área arborizada atrás da Catedral Metropolitana, na década de 80. (Acervo Campinas de antigamente)

A região central de Campinas é constantemente pautada em projetos de revitalizações urbanísticas, porém os anos passam e a região não recebe nenhum tipo de intervenção. Além dessa questão, o centro sofre com pichações e depredações de bens públicos. Em uma rápida caminhada, é possível encontrar diversas fachadas pichadas, luminárias quebradas que fizeram parte da história campineira, dentre outras depredações ao patrimônio público.

Para o comerciante Caio Teixeira, a decadência do centro é ruim inclusive para o comércio. “O movimento ainda é satisfatório, mas nós que temos anos de experiência no comércio e notamos que o movimento tem caído. Hoje em dia, todo mundo prefere ir aos shoppings, já o centro, não tem atrativo nenhum”.

As reclamações não param por aí, se os comerciantes reclamam da queda no número dos clientes, os moradores criticam o aumento da insegurança. Simone Scherbaty, que mora nas imediações da prefeitura, conta que presenciou um indivíduo escalando o prédio em que mora: “No meio da noite ouvi um barulho, ao abrir a janela dei de cara com um homem escalando meu prédio e, a mesma estava com spray de tinta na mão. Ao me ver, a pessoa assustou e fugiu, descendo rapidamente”.

Fachadas pichadas na Avenida Francisco Glicério, a principal avenida do Centro
Fachadas pichadas na Avenida Francisco Glicério, a principal avenida do Centro

Lembrando com saudosismo dos tempos áureos do centro, os moradores da região, que testemunham diariamente o abandono, aguardam as medidas de revitalização.

Foram solicitados à Guarda Municipal de Campinas, dados estatísticos e operacionais relacionados ao vandalismo, porém até o fechamento desta matéria, não foi obtida resposta alguma.

Victor Donato

 

 

Editado por: Montejano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s