Netflix lança dispositivo de avaliação idêntico ao de episódio da série “Black Mirror”

Por Thaís Bueno

O primeiro episódio da terceira temporada da série “Black Mirror” está chamando a atenção de muitos amantes da tecnologia, pois trouxe um dispositivo da trama para o mundo real. A mais nova ferramenta originalmente criada pela Netflix, se chama “Rate Me” (“Me Avalie”) e por meio dela é possível receber uma nota referente ao perfil de usuários da vida real, assim como acontece em “Nosedive” (“Perdedor”), um dos episódios da série.

Desta vez, o episódio faz uma crítica sobre a forma como as pessoas se tornam reféns das redes sociais e também do o julgamento da sociedade. Na história os personagens utilizam um dispositivo no qual são constantemente avaliadas com estrelas que mostram um ranking que vai de 1 a 5.

Funciona da seguinte forma: a todo momento estão dando nota para os perfis das pessoas, seja para publicações de fotos ou após uma conversa. A partir da contabilização destas notas se tem um ranking e as pessoas que possuem uma colocação baixas são excluídas pela sociedade, já as de colocação mais elevada são beneficiadas e paparicadas pelos demais indivíduos.

O aplicativo que foi lançado no mundo real é bastante semelhante, mas no caso é o próprio dispositivo que avalia o perfil do usuário na rede social e te dá uma nota que varia de 1 a 5. Para utilizar a ferramenta, basta acessar o site e colocar o nome da sua conta nas rede social desejada e em instante o dispositivo mostra qual é a sua nota.

15152396_1129125247184012_234530108_o
Aplicativo “Rate Me” avalia perfil de usuários nas redes sociais. Créditos: Thaís Bueno
A novidade atraiu os fãs da série, como o caso de Douglas Wallace, estudante de economia, que acompanha “Black Mirror” desde o início. Para ele,  o enredo do episodio “Nosedive” já está  presente em nossa realidade: “Seja em relação as visualizações de SnapChat, Facebook ou Instagram, tem muita gente que se baseia nisso atualmente para conceito de beleza e tudo mais. Por exemplo, se uma menina não recebe 30 curtidas de amigos da escola ela não se sente bonita o suficiente”, relata.

Sobre as criticas a tecnologia e a sociedade, Douglas complementa: “Gosto de assistir a série pelo conceito ético e moral, faz a gente pensar de uma forma diferente. Será que eu seria igual a algum personagem da série se ela fosse real?”.

img_7664
Douglas assiste a série “Black Mirror” desde a primeira temporada, e acredita que muitas das tecnologias da série já estão presente na vida real. Créditos: Thaís Bueno
Os episódios de “Black Mirror” não possuem ligação, já que uma nova história com diferentes atores e personagens distintos é contada a cada um deles. Apesar de não se tratar de uma série com uma história continua, os episódios de Black Mirror se conectam, pois fazem fortes críticas sociais relacionadas ao comportamento dos seres humanos e sua ligação com a tecnologia.

A série completa está disponível na plataforma da Netflix.

Editado por Letícia Baptista 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s