CS:GO – SK Gaming fica em segundo lugar na Final da ESL Pro League

Por Laura Clobochar

As finais do campeonato de CS, ESL Pro League, aconteceram entre os dias 28 e 30 deste mês e o Brasil foi sede pela primeira vez de um evento deste porte. O Ginásio do Ibirapuera teve quase a sua capacidade máxima alcançada.

O campeonato durou 3 meses sendo que as primeiras fases foram todas online e com transmissão nos canais parceiros do evento. Na ESL Pro League existiam dois times brasileiros disputando pelo título considerados potenciais para chegar na final, a Immortals foi eliminada na fase classificatória; e a SK Gaming, vencedora do último ESL Pro League ficou em segundo lugar perdendo para a Cloud9, time americano que nunca havia levantado o caneco antes.

Os jogos foram comentados ao vivo pelos comentaristas brasileiros Bernardo “Bida”, ”Kauê”, “Gord0x” e “Savage”. Além deles, existia a bancada onde os analistas ficavam, e no fim de cada partida, faziam uma análise geral do rendimento de cada time.

ORGANIZAÇÃO

A organização ainda complementou o evento com stands de produtos oficiais do campeonato como tela, teclado, loja com camisas, bonés e outros produtos, e ainda cerca de 10 foodtrucks para os telespectadores comerem tranquilamente sem perder nenhum momento do campeonato.

Daniel ”Dojan”, estudante de análise de sistema, comentou que “não é a primeira vez que venho em um evento de e-sports, já fui em um de LOL no ano passado, mas a estrutura do evento está bacana! Tem os foodtrucks para a galera comer, está tudo sinalizado, o clima dentro do ginásio estava bom pela quantidade de gente que tinha. Acho que foi legal, parabéns para a organização!”

DCIM100GOPROGOPR4338.
SK Gaming vai para final e enche o Ginásio o Ibirapuera (Créditos: Laura Clobochar)

AÇÃO ESPECIAL

Durante todo o campeonato, a emissora oficial que estava transmitindo os jogos, fez uma ação especial para a arrecadação de dinheiro para o câncer de próstata, doença que mais cresce entre os homens. Eles tinham uma meta a ser batida, e se fosse feita, teriam algumas recompensas, que foram depilar a perna de um analista e raspar a barba de outro deixando apena um bigode. No fim eles divulgaram o slogan da campanha “Grow a mo, save a bro” (cresça um bigode, salve um amigo).

 

Editado por Ana Guimarães e Vanessa Plácido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s