Marmitar virou sinônimo de alimentação saudável

Por Vanessa Plácido

Se antes carregar a marmita para todo lado era considerado “mico”, agora virou atitude descolada. Muitas pessoas têm adquirido esse método para manter uma alimentação saudável, chegar a um objetivo para o corpo ideal ou economizar.

Trocar alimentos industrializados por uma alimentação saudável é a melhor decisão, segundo a nutricionista Mirleine Serafim atesta. Para ela “manter uma alimentação saudável faz com que o organismo desenvolva de forma plena as suas funções através do seu combustível vital, na quantidade e variedade adequada, com isso prevenindo qualquer tipo de doença. E as famosas marmitas, possibilitam esse e outros benefícios”.

Os universitários são adeptos as marmitas pela correria que vivem, e por estarem muitas vezes focados em manter sua dieta, pela prática de exercícios físicos. A estudante de Educação Física, Letícia Sabaini diz ter tomado essa decisão, “para manter uma alimentação saudável e por ser mais fácil seguir a dieta restrita prescrita pelo nutricionista”.

Levar marmita para os lugares não é só coisa de estudante, o Farmacêutico  Ivan Cappelli perguntado se tinha vergonha de comer na frente das pessoas, contou que o restaurante da atual empresa em que trabalha não atende as suas necessidades nutricionais e por isso leva sua marmita para o serviço. “A galera toda fica olhando no restaurante, mas nem me importo. Eu comia frango gelado no meio da sala na época de faculdade e nem ligava”, relatou.

Em relação ao preparo dos alimentos Marcela Pedro, estudante de Farmácia, que utiliza marmita no dia-a-dia há 5 meses, conta que “preparo as alimentações aos finais de semana para a semana inteira”. Já Ronald Horns, universitário, afirmou que “em média levo de 30 a 40 minutos para preparar tudo”.

Quem não tem tempo para preparar a sua própria marmita, pode optar em comprar-la em Marmitarias Fitness
Quem não tem tempo para preparar a sua própria marmita, pode optar em comprar-la em Marmitarias Fitness

Camila Giraldello, Técnica em Nutrição, afirma que manter uma alimentação equilibrada fora de casa não é uma tarefa fácil, mas que com uma mudança bem simples, as pessoas não só removem os alimentos que não estão de acordo com a sua saúde e que são considerados tóxicos, mas também aumentamos o consumo de vitaminas, minerais e antioxidantes. Além disso, Camila deixou algumas dicas na hora de preparar a ‘quentinha’.

 Como organizar sua marmita fitness:

  • Se você resolveu aderir às marmitas, irá precisar de um planejamento nutricional. Neste caso, uma nutricionista poderá lhe ajudar na elaboração dos cardápios semanais, estabelecendo porções adequadas.
  • Organização também é fundamental se a sua ideia for utilizar marmita. Você pode preparar a sua no dia anterior, ou separar um dia da semana para preparar todas suas refeições da próxima semana e deixá-las congeladas.
  • Procure pesar as porções (da sua marmita) numa balança de cozinha, ou distribua num prato antes de colocar no pote; assim você não exagera na quantidade.
  • A marmita deve garantir o armazenamento adequado a refeição. Procure separar em diferentes recipientes os alimentos que precisam ser aquecidos, daqueles que devem ser consumidos enquanto frio.
  • Além do almoço, você pode incluir na sua marmita: salada no pote, sopa na garrafa térmica, potinho para tempero.
  • Para transportar sua marmita, invista em bolsas ou sacolas térmicas.

 

new-piktochart_550_b20964b9866d5defe9c4d2c25beafb8def709166
(Créditos: Vanessa Plácido)

Editado por Renan Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s