Colocação de piercing tem ligação direta com problemas de saúde

Créditos: Laura Clobochar

Crédito: Isabela Ariolli.

Por Laura Clobochar.

A moda de colocar piercing em várias regiões do corpo aumenta cada vez mais entre os jovens, mas é necessário olhar o outro lado da moeda. Além do risco de infecção e problemas como hepatite, a perfuração, especificamente na região da orelha, pode causar problemas crônicos.

A médica Jerusa Alecrim afirma que isso acontece por conta dos muito nervos existentes na região, “a orelha é inervada por nervos espinhais e cranianos que têm conexão direta com a medula e o cérebro. A mais importante conexão é com o sistema nervoso autonômico, pois através de algumas áreas da orelha, se faz estimulação do nervo vago. Por isso, inúmeras pesquisas nos últimos anos vêm avaliando os efeitos da estimulação do pavilhão auricular no tratamento da hipertensão arterial e arritmias cardíacas.”

A perfuração da orelha hoje em dia pode ser feita em algumas farmácias, locais de vacinação, estúdios de tatuagem e body piercing, mas segundo Jerusa Alecrim, que também é acupunturista, deveria ser feita por pessoas capacitadas: “É um procedimento invasivo e quem o faz deve ter formação adequada. Deve ser considerado sempre o aspecto sanitário e os riscos do procedimento dependo do local de sua colocação”, aponta.

O problema mais comum, além dos crônicos, são as infecções, que vão desde uma leve vermelhidão até o apodrecimento do local. Para que isso não ocorra, existem alguns cuidados que devem ser tomados desde o momento da perfuração até meses depois da colocação.  Clique aqui e veja quais os cuidados deve ter.

                Perfuração X Acupuntura

A acupuntura é um método de perfuração na região da orelha que ao invés de prejudicar,  ajuda na cura de algumas doenças. Segundo a médica “a acupuntura melhora as dores porque faz estimulação do sistema nervoso tanto na orelha como no corpo. Os estímulos de terminações nervosas ajudam na regulação do sistema de dor. ”

ecam2015-495684-003
(Crédito: Jerusa Alecrim)

Revisado por Karina Rocha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s