Casos de DST nos homens têm tendência maior entre 15 e 30 anos

Créditos: Juliana Cavalcante
(Foto:Juliana Cavalcante)

Por Juliana Cavalcante

De acordo com o cirurgião Oscar Salgado Bueno Neto, são atendidos em média 25 pacientes por dia em sua clínica – 40% dos atendimentos são de homens na faixa etária de 15 a 30 anos, na qual se concentra o maior número de DST (doenças Sexualmente Transmissíveis), sendo mais recorrente o HPV (verrugas simples à condilomas), abuso de hormônios, sífilis e traumas.

Segundo o urologista ainda há uma resistência na busca por um especialista, resultando na evolução de doenças que, se tratadas no início teriam resultados mais eficazes. Um dos pontos destacados pelo cirurgião é que a maioria dos homens costumam procurar um médico somente quando sentem sua sexualidade ameaçada,  ignorando pequenos sinais como manchas, cansaços, ou coceiras.

O cirurgião também alerta que grande parte dos problemas de ereção está relacionado a problemas cardiovasculares e que ainda é preciso conscientizar o uso do preservativo na prevenção de DST (doença sexualmente transmissível), como AIDS e IST (infecção sexualmente transmissível), como sífilis. A correlação das doenças está ligada a faixa etária dos pacientes.

 

Tabela
Créditos: Juliana Cavalcante

 

É BOM SABER

A depilação da pelve, tanto masculina quanto feminina, é um hábito errado pois deixa exposta a púbis (osso do quadril que fica sob a região genital), e o contato de pele com pele no momento da relação sexual aumenta o risco de lesões, alergias e HPV, uma vez que o preservativo protege somente o pênis/vagina. Já o abuso de hormônios (esteroides), para efeitos cosméticos pode resultar em uma disfunção gonadal (glândula responsável pela reprodução) causando alterações corporais que podem ter como consequência a infertilidade e o aparecimento do câncer.

 

Editado por Aline Domingos

 

 

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s