Primeiro dia: 2º Ciclo do Prêmio ABAG RP de Jornalismo

Por: Mariana Beneti

O dia começou muito frio para qualquer aluno tentar parecer animado. Afinal, eram 6:30 da manhã quando um ônibus saiu de Piracicaba e foi direto para Campinas, e somente às 7:45 que uma van, um pouco menor, saiu do estacionamento da PucCamp em direção ao Instituto Biológico de Campinas. Eram 36 alunos que foram se conhecer quando estavam na sala de palestra, prontos para ouvir o Dr. Daniel Andrade de Siqueira Franco começar seus ensinos.

Era uma mistura de jovens da Unimep e da PUC-Campinas, do segundo, terceiro ou quarto ano de faculdade, entre eles homens, mulheres, morenos, loiros, ruivos… A única coisa que tinham em comum era: todos estavam cursando jornalismo e participavam do 2º Prêmio ABAG RP, de agronegócios, que estava só começando.

13396909_632020886974464_914321758_o

Estufa do Instituto Biológico de Campinas

Primeira Parada: Instituto Biológico de Campinas.

13383816_632020883641131_464803361_o

Dr. Daniel em sua palestra, onde todos os alunos se encontraram

O Dr Daniel começou explicando tudo o que havia no instituto. A maior área era a de sanidade vegetal e de controle biológico, com 25 pesquisadores em diversas linhas. Recebem verbas de 2 milhões e meio de reais, mas ainda é insuficiente para as manutenções. Isso tudo, entretanto, poderia ser encontrado na internet, em uma busca mais apurada… Os detalhes das pesquisas ainda em processo foram as mais interessantes.

Você sabe o que é um controle biológico em exportação? Não se preocupe, o infográfico abaixo logo vai lhe explicar:

Infográfico Controle Biológico

 

SEDEX NÃO É PARA AS PLANTAS!

Na era da globalização, presumia-se que qualquer coisa poderia ser enviada por e-mail, facebook, whatsapp e, principalmente, por correio. Não é bem assim, nem dentro do Brasil não é possível enviar plantas por correio. Isso porque existe a probabilidade desse espécime estar contaminado com um tipo de fungo, vírus ou até mesmo uma doença que vai contaminar as plantações vizinhas.

Ao introduzir um inseto de forma proposital para poder trazer tragédia à um local, a história é completamente diferente. O nome disso é Terrorismo Biológico. Implantar sementes com vírus em locais que desconhecem as pragas, o resultado pode até trazer fome para um país inteiro. O dano econômico é gigantesco.

Nas olimpíadas, alguns alimentos são barrados no aeroporto pelo mesmo motivo. Somente as comidas derivadas de carnes não são proibidas, quando se trata de frutas e outros que podem ser plantados, não poderão entrar no Brasil. Se você conhece alguém que quer pegar o avião comendo uma pera, lembra de avisá-lo antes!

13405448_632020893641130_1499661517_o

Dr. Luíz Otácio Manian antes de fazer um tour pelo laboratório

Segunda Parada: Basf

13351145_632020870307799_170467944_o

Basf, com o lema “Nós criamos química”

Luís Antônio Alves José, gerente da estação experimental de Santo Antônio de Posse da Basf, recebeu os alunos para um almoço muito bem servido. Arroz, feijão, frango, hambúrguer e salada foram uma mistura muito bem recebida para todos os alunos, que estavam famintos.

A empresa, apesar de mexer com produtos e testes em químicos, tem áreas de reservas, áreas estáveis e é completamente segura e com preocupação constante com a natureza. Com planos de fuga caso algum químico vaze pelo local, todos os funcionários são muito bem tratados e bem educados.

13324201_632020896974463_1911191751_o

A entrada do local era uma praça, o ponto do encontro

O trabalho com as plantas vem desde o começo: do tratamento e pesquisa com as sementes, com as pequenas mudas, as grandes plantas e em plantações gigantescas para testes de inseticidas e com insetos.

13388831_632020890307797_687644439_o

Palestra mostra os gastos feitos para a realização das pesquisas

Até mesmo aquelas plantas que não tem semente, na Basf existe uma forma diferente de coletá-la. É difícil fazer o processo de colocar um pedaço da cana de açúcar e esperar que, em um de suas gemas, cresçam novos pés de cana. O que os pesquisadores estão fazendo lá, é retirar a gema e fazê-la ficar pequena, limpa e bem tratada para ser plantada assim, como uma semente.

13383637_632020880307798_1774607627_o

 

Algumas das máquinas da Basf

O tempo escuro, com vento e cheia de chuvas não desanimou mais ninguém depois desse primeiro dia. Não vai haver mais ninguém, depois disso, que vai chegar no ônibus com desânimo para os próximos dias.

Fique ligado nos Digitais para as postagens do evento.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s