Estudo indica que acupuntura pode impactar os mesmos caminhos biológicos que fármacos

Por Carolina Orssolan

A acupuntura pode impactar os mesmos caminhos biológicos responsáveis por dor e estresse, análogos aos remédios farmacêuticos. Uma pesquisa realizada pela Georgetown University Medical Center (Gumc), afirma que o estudo com animais fornece a evidência mais forte, até agora, sobre a validade desta terapia chinesa antiga em estresse crônico.

O novo estudo observou os benefícios da acupuntura durante um processo de estresse. A série de estudos realizados pela pesquisa utilizou três grupos diferentes de ratos estressados: um grupo recebeu acupuntura por eletroacupuntura (um instrumento que garante igual distribuição da simulação elétrica), um segundo grupo recebeu uma falsa acupuntura (realizada em uma área em que não é um ponto de acupuntura), e o terceiro, recebeu placebo, no lugar da acupuntura.

Os pesquisadores realmente comprovaram que a eletroacupuntura, realizada nos 36 minutos após uma exposição a dor crônica, é eficaz para prevenir a elevação de hormônios estressores, assim como o pré-tratamento com a acupuntura.

A conclusão foi que análises comportamentais e de proteínas indicaram que a acupuntura parece prevenir o estresse, induzindo a liberação de hormônios, assim como, diminui depressão e comportamento ansioso nos ratos.

acupuntura-670x500
Créditos: Clinica Reability

Como a acupuntura pode ajudar

Os transtornos de ansiedade podem ter origem crônica, apresentando sintomas emocionais, tais como a preocupação, distúrbios do sono, irritabilidade e falta de concentração, assim como sintomas físicos como sudorese, náuseas, diarreia, boca seca, palpitações, falta de ar, tonturas, mãos frias, tensão muscular, dores e tremores. Além disso, os sintomas de muitas condições físicas podem agravar o estresse, por exemplo, síndrome do intestino irritável, enxaquecas, dores de cabeça tensionais e dor nas costas.

Segundo o Dr. Marcio Venturini, médico especialista em acupuntura, o tratamento alternativo é de extrema importância. “É um tratamento que você deverá escolher fazer se estiver confiante nos benefícios. A acupuntura fornecerá o alívio que a pessoa precisa, pois ajudará a encontrar o equilíbrio do corpo”, diz.

A acupuntura atua em áreas do cérebro para reduzir a sensibilidade à dor e ao estresse, cujas principais causas são a ansiedade e a preocupação.

As pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade costumam fazer o tratamento com aplicação de medicação, como certos tipos de antidepressivos. Márcio alerta para os efeitos desses medicamentos: “Todos os tratamentos com medicamentos têm efeitos colaterais, e muitos podem causar a retirada ou a suspensão de sintomas”, comenta.

infosaude

Quem aderiu à acupuntura

Acometida de insônia, depois da morte do pai, a universitária Laura Mattos, de 21 anos, encontrou na acupuntura a solução para recuperar a qualidade do seu sono e a tranquilidade. “A insônia foi causada pelo estresse e sofrimento que passei, mas, graças à acupuntura, hoje estou muito melhor.”

A professora Patricia Couto fez tratamento de dois anos para tratar a ansiedade e o estresse e, hoje, garante estar de bem consigo mesma. “Ficava muito estressada e chegava a descontar na comida. Depois que iniciei o tratamento, me senti mais leve e como bem menos doces”.

Confira o vídeo explicativo sobre a acupuntura produzido pelo Colégio Médico de Acupuntura:

Editado por Mariana Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s