Conhecendo o Rio de Janeiro

Por Harold Ruiz

Alberto Polo é um cidadão espanhol de 25 anos, que descobriu as maravilhas oferecidas pelo Rio de Janeiro para turistas de todo o mundo.

Este jovem nascido em Zaragoza, atualmente faz intercâmbio com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e aproveitou sua estada no Brasil para conhecer a cidade do Brasil que mais tem fama lá fora. A viagem se deu através das principais ruas e atrações do Rio de Janeiro por 4 dias, junto com outros estudantes do Chile, México, Peru, Espanha e Colômbia, que desfrutaram a cidade anfitriã das Olimpíadas que serão realizadas no mês de agosto.

Primeiro dia no Rio de Janeiro

A chuva foi a estrela nesse dia, o céu estava muito nublado e não foi permitido conhecer algumas das mais famosas colinas de Rio. As longas caminhadas através do centro da cidade para visitar museus, catedrais e escadaria Selarón faziam parte da agenda de Alberto neste dia. Fazer uma visita a esses lugares é muito econômico, e algo que chama a atenção para Alberto é que as receitas para os alunos sempre saem pela metade do preço e a poupança é bastante notória.

Através dos arcos da Lapa e escadas Selarón, este intercambista analisa a troca cultural que ocorre neste momento: as escadas foram desenhadas por um cidadão do Chile e a grande maioria dos turistas neste lugar, falam a língua espanhola.

2

Foto:Alberto Polo/arquivo pessoal

Segundo dia de exploração

Esse foi o dia mais ativo da agenda de Alberto, ao longo do caminho ele conseguiu conhecer o Morro do Corcovado (onde está o Santuário Cristo Redentor) e várias favelas que foram protagonistas de filmes reconhecidos a nível mundial. A segunda paragem foi o mítico Estádio Mario Filho “Maracanã”, embora os turistas não possam fazer visitas ao estádio devido ao fechamento para as Olimpíadas, é interessante conhecer o local e a parte externa do cenário. As paradas seguintes foram o Jardim Botânico e o Museu de Artes Visuais.

No tarde ele descobriu uma das principais atrações turísticas do Rio de Janeiro: o Pão de Açúcar foi a última parada nesse dia para assistir o pôr do sol, e mais tarde, a noite desta cidade é uma das imagens que Alberto sempre se recordará em todo o mundo.

1

Foto: Alberto Polo/arquivo pessoal

O melhor dia para Alberto

O terceiro dia no Rio de Janeiro foi o mais interessante para Alberto, já que escalar o Morro dos Irmãos é o que sempre vai se lembrar. Poder atravessar este morro através da favela do Vidigal de moto junto com seus 13 companheiros parece uma cena de filme, e poder conhecer o outro lado do Rio é importante para ele. Depois de atingir a base do morro, começa a trilha que dura cerca de uma hora, mas certamente vale a pena fazer esse esforço porque no topo da montanha, se pode ver a cidade e suas praias em todo seu esplendor.

Durante este dia Alberto poderia tirar várias conclusões, entre elas está a existência de uma classe superior e um inferior, ou seja, não há a classe média como se tem em Zaragoza. Outro ponto que se destaca é a economia de transporte público, embora ele diz que não tem boa organização, o que pode ser um problema durante as Olimpíadas.

Créditos do vídeo: canal do YouTube Odilon Jr. DFLY

Ele termina a viagem

No último dia no Rio de Janeiro, Alberto explora as praias mais famosas. Copacabana, Ipanema e Leblon são os lugares que estão na ordem do dia. Enquanto anda ao longo das praias, é surpreendido pelo atraso nas obras, já que a apenas dois meses para o início dos Jogos Olímpicos, ele pode ver as pessoas que trabalham na reparação de alguns lugares.

Para Alberto as praias são muito boas, mas prefere as de seu país. No verão sempre viaja para a praia do Voramar ou a praia das Catedrais, mas está bem claro que ele quer voltar novamente a este lugar maravilhoso, e espera a fazê-lo antes de retornar à Espanha, porque é mais barato. Alberto gastou R$ 650 nesses quatro dias de férias, e está ciente de que valeu a pena conhecer uma das cidades mais importantes em todo o mundo.

Enquanto Alberto retorna ao Rio de Janeiro, prepara malas para sua próxima viagem na Foz do Iguaçu.

Brasil

Infográfico por Harold Ruiz

Edição por Vitor Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s