Escassez das linhas 351 e 357 prejudica universitários

Por Susane Sanches

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas S/A EMDEC, responsável pelo transporte público da cidade de Campinas disponibiliza apenas três linhas de transporte que passam pela PUC-Campinas, o 351 que passa pelo corredor central da cidade e o 357, que faz o trajeto da rodoviária de Campinas até a universidade e o 329, que passa por Barão Geraldo.

Os veículos disponibilizados pela empresa, além de estarem superlotados fazendo com  que  diversas vezes os motoristas não parem em certos pontos por não comportar mais passageiros, são disponibilizados em um número inferior ao necessário para que os alunos cheguem a tempo para o início das aulas, tanto no período matutino quanto no noturno.

O horário de pico da cidade é o mesmo do início das aulas, entre 7h e 8h da manhã e à noite, entre as 18h e 19h, o que requer ainda mais demanda de ônibus, já que o transporte público é o meio mais utilizado por alunos e trabalhadores da região, ocasionando superlotação.

Outra dificuldade enfrentada pelos alunos que utilizam as linhas universitárias são os horários dos ônibus. Tanto o 351 quanto o 357 têm um intervalo de pelo menos meia hora entre cada ônibus. Isso, somado ao fato de os motoristas não pararem para os passageiros nos horários de pico, culmina no atraso dos alunos para o início das aulas, o que acaba prejudicando a porcentagem de faltas que cada aluno pode ter nas disciplinas, que é de 75%.

Estudantes prejudicados

O atraso dos ônibus e a falta de mais veículos nas linhas universitárias afeta diretamente o desempenho acadêmico dos alunos. Este problema levou os estudantes a produzirem um abaixo-assinado, distribuído em pontos estratégicos da universidade como: biblioteca, praça de alimentação, sala de informática, entre outros de todos os centros, reivindicando o direito a mais linhas.

Rodrigo Bonwoart é um dos alunos prejudicados pela falta de linhas e atrasos dos ônibus. No último semestre, o estudante de Geografia chegou a ser reprovado por ultrapassar o limite de faltas no primeiro horário das aulas, ocasionado pelo atraso da linha 357 que utiliza para se locomover de casa a até a faculdade.

“Eu tenho que sair de casa duas horas mais cedo para conseguir chegar na faculdade a tempo e às vezes, por ser horário de pico e o ônibus estar lotado, ele nem para no ponto, o que me prejudica muito, porque sei que vou ter que esperar muito tempo pelo próximo, vou me atrasar e isso vai me prejudicar na contagem de faltas”, completa.

No vídeo o estudante expressa seu descontentamento:

Rodrigo faz parte de uma grande porcentagem de alunos que já foram prejudicados com os horários dos ônibus, como Thainá Oliveira, que também faz parte da “estatística”. No segundo semestre do curso, a estudante foi reprovada pelo excesso de faltas, ocasionada pelos atrasos das linhas.

“Fui reprovada em uma matéria que consegui uma nota acima da média para passar. Fiquei de mãos atadas, porque a única prejudicada fui eu. Sou estagiária e agora vou precisar pagar uma matéria que já fiz, por descaso da EMDEC em disponibilizar mais linhas de ônibus. Nem precisava ser em todos os horários, mas é nítido que nos horários de pico a situação é crítica e precisa melhorar”, diz a estudante.

No vídeo, Thainá fala sobre as dificuldades que enfrenta por utilizar as linhas universitárias:

Os dois jovens entrevistados para esta matéria assinaram o abaixo-assinado, que já foi enviado pela EMDEC.

Esclarecimento da EMDEC

Procurada para esclarecer a situação, o departamento de comunicação da empresa disse que não está atendendo alunos da Puc-Campinas por enquanto porque a demanda de estudantes da universidade está muito alta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s