Rede social ajuda cidadão a fiscalizar a Prefeitura

Por: Bianca Oliveira

palestra colab 1
Crédito: Bianca Oliveira

“Você já tentou resolver alguma coisa com o poder público? ”. Essa foi uma das perguntas que o publicitário Gustavo Carvalho, coordenador da implantação do aplicativo Colab, fez aos alunos de comunicação da PUC-Campinas na manhã desta segunda-feira, 16.

A palestra que se iniciou por volta das 08:15 hrs,  com a abertura do professor Rogério Bazi, diretor do Centro de Linguagem e Comunicação, o CLC,  durou aproximadamente 55 minutos e teve como finalidade apresentar o Colab, um aplicativo que, segundo o palestrante, tem como objetivo “conectar o cidadão com a gestão pública e pode ser definido como uma rede social para a cidadania”.

Ao decorrer da palestra, Gustavo apresentou aos alunos alguns cases já relatados no aplicativo. Nos três anos de uso, o Colab chegou a 100 cidades brasileiras, possuí mais de 15000 usuários, e já resolveu o problema de muitas pessoas.  Após a explicação, a palestra foi aberta para perguntas dos alunos.

 

palestra colab 2
Créditos: Bianca Oliveira

Entenda o Colab

O Colab é uma rede social para a cidadania. Criado em 2013, na cidade de Pernambuco por quatro recifenses, o aplicativo busca estabelecer  a comunicação e relacionamento dos cidadãos com o poder público de modo interativo.

Ele está disponível para download em celulares Android e IOS, e ainda existe a possibilidade de fazer o cadastro pelo site http://www.colab.re/home,  tanto pelo Facebook como por e-mail, por onde é necessário inserir o CPF, como uma maneira de evitar os fakes. Após feito o cadastro o usuário possui três opções: o fiscalize, em que são feitas denúncias simples sobre buracos nas calçadas, por exemplo; a opção de propor, em que o cidadão poderá propor ideias à prefeitura da cidade (o que não necessariamente será atendida, pois é necessário que a prefeitura qualifique se a proposta é viável e/ou necessária);  e o avalie, onde já é possível avaliar aeroportos, rodoviárias e estádios.

palestra colab 3
As opções no aplicativo (Crédito: Bianca Oliveira)

Na prefeitura de Campinas existem quatro pessoas que trabalham recebendo as denúncias que chegam pelo sistema, pois, caso o problema não for solucionado, segundo Gustavo,“é necessário a interferência humana, de falar ‘vamos conversar e ver o que pode ser feito’.”.

Apesar do crescimento do Colab, o aplicativo ainda não comporta todas as denúncias, como, por exemplo, a demora de atendimento em postos de saúde.  Denúncias como essa, segundo o publicitário responsável, devem ser feitas diretamente à prefeitura de forma tradicional.

Confira abaixo um vídeo explicativo sobre o Colab:

(Reprodução Youtube)

Editado por Laura Baiè

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s