Ministério da Saúde disponibiliza curso de Zika em outras línguas

Disponibilizado na internet, curso sobre o vírus estará disponível para profissionais de todos os países

Por Bárbara Cintra

O curso do Ministério da Saúde sobre atendimentos a pacientes com Zika Vírus que já é ministrado aqui no Brasil será disponibilizado também nas línguas inglesa e espanhola. Essas novas versões somente foram possíveis devido a uma parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e Organização Pan –  Americana de Saúde (OPAS). A previsão é que a ferramenta esteja disponível até o mês de maio.

Intitulado “Zika: abordagem clínica na atenção básica” poderá ser acessado no próprio site da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UMA – SUS) onde já consta a versão em português, além de ser disponibilizado em plataformas digitais ministradas pela OMS e pela OPAS desde fevereiro e já conta com 27 mil matriculados.

O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Heider Pinto enfatiza que é essencial disseminar informações a respeito da doença e suas consequências, já que o Brasil acumulou muitas experiências tanto no combate quanto nas pesquisas a respeito do Zika.

zika
Brasil tem avançado nas pesquisas a respeito do Zika Vírus. (Foto: reprodução)

O representante da OMS / OPAS aqui do Brasil, acredita que em breve o curso estará disponível em sua plataforma Campus Virtual de Saúde Pública , espaço de aprendizado online da organização.

O módulo é disponibilizado prioritariamente para os profissionais médicos, porém podendo ser estudado por qualquer pessoa interessada em saber mais a respeito da doença. Com 45 horas, o curso tem um capítulo especialmente dedicado aos cuidados voltados as gestantes infectadas pelo vírus e aos recém-nascidos com microcefalia. As inscrições devem ser realizadas pelo site da UNA–SUS e seguem até o dia 15 de fevereiro de 2017.

Marcelo Humdrigo Cesto, especialista na epidemia, comenta a eficácia do curso oferecido pelo Ministério da Saúde aos profissionais da área e demais pessoas interessadas:

Além de oferecerem essa capacitação sobre o Zika Vírus, o Ministério da Saúde oferta cursos a respeito de outras doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, como a dengue e chikungunya. O curso tem 16 horas de duração e conta com certificação ao final. Ao todo já são 7 mil inscritos.

Editado por Gabriel Furlan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s