Pacotes de viagem para as Olimpíadas ficam até três vezes mais caros

Por Arcilio Neto

2016 é ano de Olimpíadas e inflação e essa mistura vem dificultando a vida daqueles que vão para o Rio de Janeiro assistir às disputas. Em agosto, mês dos Jogos, os preços de hotéis e passagens aéreas chegam a triplicar, comparados a março. Agências de viagem revelam que as opções de hospedagem são muito restritas.

Luis Tirabassi, 28, é de Itu e em agosto vai embarcar para o Rio de Janeiro para assistir diversos jogos. O jornalista, e agora estudante de Educação Física, irá com mais três pessoas da família, mas, por um combinado de sorte e planejamento antecipado, ele não sairá no prejuízo. Uma tia dele se casou com um carioca e, desde 2014, a também paulista mora em terras fluminenses. Com isso, Tirabassi e a turma vão ficar hospedados de graça na casa dela.

Arcilio Neto
Luis Tirabassi (esquerda) durante jogo de Copa do Mundo (Crédito: Arquivo Pessoal/Luis Tirabassi)

Os gastos do jornalista ficam por conta dos ingressos e das passagens de avião. Foram quatro ingressos adquiridos para assistir jogos de vôlei e handebol. No total, pagou 740 reais. Já nas passagens aéreas de ida e volta foram gastos, incluindo taxas de embarque e encargos de emissão, quase 1,2 mil reais. O avião sairá do aeroporto de Viracopos, em Campinas, e irá até o Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Os bilhetes foram adquiridos em outubro do ano passado.

Passagens aéreas

Para efeito comparativo, o Digitais pesquisou os preços do mesmo trajeto acima, com ida e volta, para o mês de março. Entre as duas companhias aéreas, o preço mais em conta foi de R$ 1.946,00, ou seja, um aumento de 62% em relação a outubro. Já se alguém tiver interesse em comprar bilhetes para agosto, mês dos Jogos Olímpicos, esse preço mais do que infla.

Embarcando no dia 3 de agosto pela companhia aérea Azul, em Campinas, e voltando do Rio de Janeiro dia 8 de agosto, esse preço chegaria a R$ 5.440,00, também para quatro pessoas. Um aumento de mais de 350%, comparado ao que Luis Tirabassi pagou em outubro de 2015.

Hospedagem

O jornalista admite que teria que pesquisar bastante, se tivesse que se hospedar no Rio de Janeiro. O Digitais também pesquisou pacotes de viagem em agências de Campinas. Uma delas revelou que são apenas dois hotéis disponíveis para agosto. Para o mês de maio, por exemplo, são quase 100.

A diferença nos preços também chama a atenção. Outra agência de viagem ofereceu um pacote incluindo passagem de ida e volta para o Rio de Janeiro, além da hospedagem por uma semana. Esse pacote para o mês de maio ficaria em cerca de 3,8 mil para uma única pessoa. Já para agosto, esse preço, nessas mesmas condições, pula para 11,3 mil reais, ou seja, mais do que triplica. “Os hotéis estão muito caros. Isso não me impediria de ir, mas eu já teria reservado um hotel desde o ano passado, quando compramos os ingressos e as passagens de avião. Já fui na Copa do Mundo e não posso perder as Olimpíadas,” disse Tirabassi.

 

Infográfico compara gastos que Luís teve e o que teria em outros meses

Luis Tirabassi é apaixonado por esportes e considera que a experiência no Rio de Janeiro será muito importante para sua formação em Educação Física.

Editado por Bianca Massafera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s