Um jornalista no mundo dos transportes

Por Giovanni Chierighini

Paulo BardallUm menino que gostava muito de escrever, somado ao seu inconformismo com algumas situações no Brasil como impunidade e sujeira na política e que havia criado um jornal em sua infância chamado “O Luneta” não poderia ter seguido outra carreira senão o jornalismo. Formado na PUC-Campinas, Paulo Barddal passou por vários veículos de comunicação. Foi radio escuta na EPTV, trabalhou no Diário do Povo que hoje nem existe mais e em outros veículos como Correio Popular, Folha de São Paulo entre outros.

Sua posição preferida na redação era de repórter, para ele, a função mais nobre do jornalismo e que ir para a “cozinha” como subeditor de economia do Correio não foi algo prazeroso, mas que o aprendizado e o salário valeram a pena. Como editor de política em outro jornal as coisas realmente ferveram. Era repórter especial e estava super feliz, e ao receber a proposta de editor e aceitou. Mas, para isso, ele impôs uma única coisa: “eu não gosto de políticos e nem da política, feita de forma rasteira, como é comum no Brasil”. Tempos depois isso foi usado como álibi para justificar sua demissão. Para ele, os jornalistas precisam ter um texto bom, fontes confiáveis e uma ótima apuração. E é necessário muito mais. Detalhes de entrevistas como o olhar, roupas, manias, tiques, do entrevistado é muito importante para a percepção de boas histórias.

Atualmente, Paulo Barddal trabalha faz aquilo que os jornalistas chamam de o outro lado do balcão. Está trabalhando de diretor de comunicação e marketing na Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e esta no cargo desde 22 de janeiro de 2002.

Alem de uma vasta carreira no jornalismo, Paulo Barddal é muito mais coisa do que isso. Também é marido de Scheila, com quem se casou em 1992 e teve dois filhos, Leonardo, de 20 anos, já na faculdade e Pedro, de 13 anos, este, ainda no oitavo ano do Ensino Fundamental.  Tambem curte um pop, blues e clássicos, tendo Led, ACDC, Pink Floyd, Frank Sinatra, Stones, Beatles e Janis Joplin, U2, Pearl Jam e Cazuza na sua lista de bandas e cantores prediletos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s