Multinacionais buscam aprovação do plantio da semente infértil

Por Ana Paula Schenfel

grafico
Porcentagem dos produtores rurais Crédito: Ana Paula Schenfel

O que é a semente Terminator?

A existência da semente Terminator não é considerada algo novo, porém nos últimos dias tem ganhado repercussão para agricultores, após a intenção da bancada e ruralista querer aprovar a PL 1117, no qual modificará a Lei de Biodiversidade. Tornando assim o Brasil, o primeiro país no mundo na liberação da semente estéril. E com a aprovação dessa semente para o cultivo, tornará uma ameaça na biodiversidade alimentar.

A Semente Terminator é o tipo de planta que foi modificada geneticamente para tornar uma semente estéril, ou seja, é estéril no período da colheita. A semente foi desenvolvida por indústrias multinacionais, para evitar que os agricultores replantasse a semente colhida, fazendo assim lucro para essas empresas. De acordo com o Microbiologista Paulo Sérgio Marques da Universidade Federal de Itajubá em Minas Gerais “A intenção dessa semente é tornar um ciclo vicioso. O agricultor só pode fazer a reprodução dessa semente através da compra e uso dos seus venenos. Por exemplo: O milho transgênico, ele precisa de um veneno que só a Monsanto tem, você compra o milho e tem que comprar seus venenos, senão o milho não produz”, afirmou.

De acordo ainda com o Microbiologista, uma das maiores produtoras desse tipo de semente é a empresa multinacional Monsanto “Com a intuição de acabar com a semente crioulo, sem modificação genética”, explica Paulo.

O vídeo a baixo mostra um pouco sobre a companhia Monsanto, e também explica sobre o perigo do agrotóxico:

https://www.youtube.com/watch?v=V9KJyR9hxJI

Qual o problema disso?

Cerca de 14,9% representa a população brasileira rural, que tem como principal fonte de renda as sementes guardadas de seus cultivos. Com a semente Terminator, os agricultores serão forçados a estarem nas dependências de fontes externas. Exterminando os tipos de praticas de cultivos de sementes para a reprodução pelos agricultores- uma forma que para muitos torna seguro e uma disponibilidade de sementes.

Caso a semente estéril ganhe espaço no comércio, provavelmente esse tipo de genética será para todas as plantas. Tornando assim o monopólio muito mais forte.

Desde a criação desta semente, o PL 268, tem a intenção de acabar com a Terminator. A partir de então, foram expedidos abaixo-assinados com o intuito de provocar o governo brasileiro com a finalidade de reverter essa posição.

Perigo no campo e nos alimentos

De acordo com Engenheira Ambiental, Silvana Paduvessi: “Ainda não há uma pesquisa a longo prazo sobre a semente, não tem como saber se ela trás riscos ou não para a saúde. O que ela diz é, que a o consumo pode ser arriscado, por conter agrotóxico e também por ser geneticamente modificada.”

 

 

Editado por Vitor Domingues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s