Planejamento é o diferencial nos Happy Hours e confraternizações de final de ano

Por Tácila Faria e Jaqueline Ramo

 

Chega o final de ano e, com ele, os eventos de confraternização e Happy Hours. O objetivo é comemorar o ano que está passando, na companhia de pessoas que geralmente compartilharam o ano conosco. As confraternizações podem ser feitas com a empresa, familiares e amigos.  Para a maioria das pessoas, ser convidado para um Happy Hour ou para uma confraternização, significa apenas reservar uma data na agenda, para um momento de descontração. Mas, para os responsáveis pela organização, requer um planejamento cuidadoso para que o evento seja um sucesso.

Empresas

Empresas grandes costumam contratar agências de eventos, caso não tenham uma equipe de marketing ou recursos humanos que se encarregue pelo planejamento. No caso de uma loja de veículos usados de Itatiba-SP, toda a organização do Happy Hour do final de ano, é organizada pelo próprio gerente. “Temos apenas quatro funcionários, então antes de fechar a comemoração em qualquer lugar, verifico as preferências de cada um. O importante é que o local escolhido agrade à todos e que se encaixe na verba destinada para este tipo de custo. Nesse ano, com a crise que estamos passando, nada pode sair do controle”, brinca Wallace Yared.

Gerente da empresa Neco Veículos - Wallace Yared. Foto: Tácila Faria
Gerente da empresa Neco Veículos – Wallace Yared. Foto: Tácila Faria

 

Após escolher o local são feitas as reservas, que segundo Wallace, deve ser feita com antecedência: “Na primeira semana de dezembro já ligo no local escolhido e deixo a data agendada. É muito difícil conseguir um lugar disponível nas semanas que antecedem o natal. Apesar de estarmos em apenas cinco pessoas, com todos os locais lotados, não conseguimos confraternizar. Este planejamento é muito importante”, conclui o gerente.

 

Estabelecimento

São os restaurantes e bares que trabalham duro na época de final de ano. Segundo o gerente do restaurante Grainnes Campinas, Ozeas, as agendas começam a lotar logo no início de novembro.

Como a competitividade é grande, explica que é importante cuidar da imagem do ambiente interno, externo, “como já trabalhamos com valores promocionais o ano todo, mantemos isso. Nosso happy hour não tem um valor fixo nem minimo”.

 

Happy Hours: como surgiram?

Happy Hour é uma expressão em inglês, onde a tradução significa “hora feliz”. A Happy Hour surgiu na Marinha dos Estados Unidos, no século XX, para descrever um tempo de entretenimento a bordo do navio, para aliviar o stress e combater a monotonia dos tripulantes. Atualmente, a expressão é usada em outros países, como o Brasil.

Consiste como uma estratégia de marketing durante um determinado período, onde as bebidas são vendidas com um preço menor.

Os objetivos deste evento é aliviar o stress e a ansiedade da jornada de trabalho. Os funcionários costumam agendar as Happy Hours após o expediente, para baterem papo e se distraírem.

Editado por Vitor Domingues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s