Desativar Facebook pode ser uma estratégia para estudar mais

Por Giovane Caruso

Infográfico: Giovane Caruso
Crédito: Giovane Caruso

O Brasil é o terceiro país que passa mais tempo na internet, de acordo com balanço divulgado pela comScore. E o que tanto fazemos na internet? De acordo com a pesquisa, passamos a maior parte do tempo conectados acessando redes sociais. Em especial o Facebook, que tem 97% do total da presença em rede. Os brasileiros gastam mais tempo no site do que os argentinos e os mexicanos juntos.

Dentre os 89 milhões de brasileiros que acessam mensalmente o Facebook, há quem acredita que o hábito pode prejudicar o desempenho no trabalho ou nos estudos. Muitas pessoas chegam a deletar ou desativar a rede social para estudar para uma prova ou terminar aquele trabalho importante.

É o caso da advogada, Bárbara Gil Rodrigues, que desativou sua conta no site para se manter focada e com mais tempo para estudar para um concurso. Barbara conta que “no começo foi estranho, mas depois de algumas semanas esqueci da existência do Facebook, pensei seriamente em não voltar, porém acabei reativando. Apesar de tudo o face tem algumas ferramentas úteis como calendário de aniversário e eventos” comenta.

Mas viver sem Facebook não é tranquilo assim para todos. A rede social se tornou um meio de comunicação para propósitos, inclusive, profissionais. O jornalista, Arthur Cagliari, que deletou sua conta no site para ter mais tempo para seu trabalho de conclusão curso (TCC), comenta que, no início, a vida sem Facebook ajudou bastante no seu desempenho, mas “depois começou a fazer falta, porque eu resolvia muitas coisas pelo Facebook. Coisas até mesmo do meu TCC. Entrevistas, contatos com as pessoas que eu ia entrevistar, era tudo por lá”.

Vale lembrar que ao desativar sua conta no Facebook, você não perde ela para sempre. Basta reativar que tudo volta como antes.

Para Bárbara, “as vezes é necessário se desconectar de coisas banais como uma rede social e aproveitar mais os momentos da vida”. Já Arthur, reconhece a dificuldade de viver sem a rede social, pelo fato de tanta coisa hoje ser feita pelo através do Facebook. Mas é sempre bom que o uso seja moderado. “É difícil ficar totalmente sem. Hoje em dia, vez ou outra, eu fico uns dias sem entrar”.

Editado por Maria Clara Lourençon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s