Campinas promove palestra sobre câncer de mama

Por Maria Clara Lourençon

Amanhã, dia 15, a Prefeitura de Campinas promove palestra sobre câncer de mama, com o tema: A Mulher e o Câncer de Mama. Será ministrada pelo professor Dr. Cássio Cardoso Filho, Médico Mastologista Do Caism – Docente da Faculdade de Ciências Médicas Da Unicamp, na Livraria da Villa Galleria Shopping às 19h, com entrada gratuita.

Essa palestra faz parte da programação do Outubro Rosa, mês em que se combate o câncer de mama, que atingiu cerca de 57.120 mulheres só neste ano de 2015, segundo o INCA (Instituo Nacional de Câncer). É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, respondendo por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Os médicos recomendam que a mamografia deve ser feita anualmente em mulheres a cima de 50 anos.

Campinas traz uma vasta programação durante esse mês, que pode ser conferida aqui. Em todas as ações haverá campanha para doação de lenços de cabeça, cílios postiços, perucas e cabelo para perucas (20cm). Em busca de conscientização o paço municipal trocou a iluminação e durante todo o mês ficará cor-de-rosa, já que só no ano de 2013, cerca de 93 campineiras morreram por causa do câncer de mama.

Prefeitura de Campinas fica cor de rosa. Foto: Divulgação
Prefeitura de Campinas fica cor de rosa. Foto: Divulgação

De acordo com a médica Celina de Paula Azevedo Sollero, coordenadora municipal da Saúde da Mulher em Campinas, o câncer de mama tem diversas causas. “Um desses fatores é o envelhecimento da população, quanto mais a gente vive, maior o risco contrair doenças e desenvolver o câncer”, comenta.

Na rede pública de Saúde de Campinas as mulheres podem acessar o clínico geral ou o ginecologista nos centros de saúde. Após a consulta no Centro de Saúde, se necessário, a mulher será encaminhada para os ambulatórios especializados em mastologia, na Policlínica 2 e no Complexo Hospitalar Ouro Verde, para realizar a mamografia.

Diagnóstico cedo

Um levantamento feito nos últimos cinco anos no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, com pouco mais de quatro mil mulheres, mostrou que 60% dos casos de câncer de mama foram identificados ainda no estágio inicial. E o principal exame para detectar a doença é a mamografia.

A coordenadora da oncologia clínica do Icesp diz que as mulheres estão mais conscientes da importância de se fazer exames preventivos regularmente. No primeiro semestre deste ano já foram feitas no país 1,8 milhão de mamografias no sistema público de saúde, 31% mais que no mesmo período de 2010.

Dicas de prevenção e autoexame. Crédito: Maria Clara Lourençon
Dicas de prevenção e autoexame. Crédito: Maria Clara Lourençon

Editado por Mariana Dandara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s