Volume hídrico de 2015 até outubro já é maior do que o ano passado

Por Carolina Neves

Segundo dados do Centro integrado de informações agrometeorológicas (Ciiagro), com 96 dias de chuva no estado de São Paulo até 01/10/2015, contra os 86 de 2014, 2015 já tem volume hídrico maior que o do ano anterior. Desde o começo do ano, tivemos um total de 1.101,8 de milímetros de chuva, enquanto que em 2014 o total foi 900,9mm.

A cantareira registrou aumento em março desse ano, após a diversos estados de alerta e mobilização da população para poupar água. Segundo a Sabesp, no dia de hoje, 07/10/2015, o estoque de água no Sistema Cantareira é de 163,3 milhões de metros cúbicos (atualização diária entre 9h e 10h).

Dos 25 reservatórios elevados e os 40 semi-enterrados de Campinas, a Sanasa já deu “sinal verde” para 12, sendo eles: Reservatório Elevado Torre do Castelo, Alto do Taquaral, Jd. São Gabriel, Nova Campinas, Jd. Londres, DIC V, ETA DIC, Padre Anchieta, Carlos Lourenço, São Bernardo, San Conrado e Gramado.

 

Volume do Sistema Cantareira em 07/10/2015 (Sabesp). Gráfico: Carolina Neves

No entanto, como podemos perceber pelo gráfico, o sistema da Cantareira se encontra na reserva técnica, que é o volume estocado no reservatório que só pode ser utilizado com bombeamento. A primeira reserva técnica entrou em operação em 16/05/2014 e acrescentou mais 182,5 bilhões de litros ao sistema – 18,5% de acréscimo. E a segunda reserva técnica entrou em operação em 24/10/2014 e acrescentou mais 105 bilhões de litros ao sistema – 10,7% de acréscimo.

Apesar de 2015 já estar contando com mais chuva e a Cantareira ter registrado aumento no volume, é importante ressaltar que devemos continuar alertas e cuidadosos. Além da probabilidade de escassez.

Serviço

Levando em conta a necessidade pela conscientização pública, a IBM Brasil e o Instituto Cidade Democrática lançaram o aplicativo Água Viva. “A ideia do projeto é que as pessoas e os órgãos públicos se apropriem dos dados contidos no aplicativo para formular políticas públicas a fim de solucionar a crise de água. Esse é o primeiro levantamento que iremos fazer por app”, diz Rodrigo Bandeira, cofundador e coordenador de mobilização do Instituto Cidade Democrática.

O aplicativo já pode ser encontrado no Google Play.

Editado por Mariana Dandara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s