Pole Dance busca espaço no cenário olímpico

Por Felipe Torezim

A IPFS (International Pole Sports Federation) continua na briga para tornar o Pole Dance um esporte olímpico. Mais um passo já foi dado, já que em novembro de 2015, o Campeonato Brasileiro de Pole Dance, que será disputado em São Carlos, será organizado pela federação internacional, com as regras de campeonatos mundiais.

E por falar em Campeonato Brasileiro, Thaís Pereira, professora de Pole Dance, foi vice-campeã brasileira em 2010, no mesmo ano que começou a praticar: “Comecei a ter aulas com a Rafaela Montenaro, que já foi campeã nacional. Depois de 3 meses já participei do primeiro campeonato”

Quando começou a praticar, Thaís afirma que ninguém foi contra, mas tinham um olhar preconceituoso: “No começo as pessoas achavam meio bizarro por causa do erotismo envolvido. As pessoas não entendem que é esporte sim e eu não ensino ninguém a rebolar”.

pole 1
Marcela (primeira da direita para esquerda) posa enquanto pratica. Foto: Studio Fly Thaís Pereira 

Ela ainda afirma que o número de alunas vem crescendo nos últimos anos. Marcela Moriconi que o diga. Há 2 anos ela começou a praticar e está gostando muito do resultado: “Além de me deixar super disposta, me incentiva a melhorar a alimentação, a praticar outras atividades físicas, a ser mais saudável, a gostar mais do meu corpo, e muitas outras coisas super positivas. Pole dance é uma atividade bastante completa, que não trabalha só o corpo, mas a mente também.”

E acredita que a mentalidade das pessoas também está mudando. “Muita gente ainda tem preconceito e vincula o pole dance ao erotismo, strip tease, e coisas desse tipo, mas a maior parte das pessoas acha muito legal”

O Pole Dance

Original da Inglaterra dos anos 1980, o Pole Dance é uma forma de dança e ginástica que tem sua origem ligada ao Mallakhamb – uma espécie de yoga praticado num poste de madeira e com cordas – ginástica tradicional indiana que também deu origem ao Mastro Chinês. O pole dance é uma nova forma de atividade física, e esta se tornando cada vez mais popular entre mulheres, e até mesmo homens, que querem praticar exercício físico.

A prática desse tipo de exercício aumenta a força superior do corpo (utilizando o próprio organismo como resistência), trabalha a flexibilidade e a coordenação motora e também tonifica o corpo como um todo, trabalhando de forma mais intensa a panturrilha, abdômen, bíceps, tríceps e coxas. Além do benefício corporal, o pole dance também pode ser encarado como uma forma de espetáculo, já que essa dança ,visa mais o lado acrobático das pessoas , e é incorporado em espetáculos como performance artística, no circo e em competições nacionais e internacionais.

info pole dance
Arte : Felipe Torezim Silva

Editado por: Caren godoy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s