Novo convênio aproxima alunos de Jornalismo da realidade do rádio

Por Fernanda Lavorini

O programa experimental do terceiro ano do curso de Jornalismo que antes era produzido apenas para os alunos terá maior visibilidade. No último sábado foi ao ar às 9h35 o primeiro programa “Giro RMC”, um convênio entre a PUC- Campinas e a Rádio Brasil AM 1270.

O Giro RMC dura 15 minutos e segundo o diretor da Rádio Brasil, Felipe Zangari, o programa foi pensado para abordar conteúdo e temas de políticas públicas da região metropolitana de Campinas, assim os alunos podem ir às ruas conversar com autoridades e entender o funcionamento ou não dessas políticas e retratar isso no ar.

“A ideia é que a edição do programa sirva como um laboratório de formatos radiofônicos, para que os alunos tenham liberdade e possam se exercitar em todas as modalidades possíveis que temos hoje para levar a informação pelo rádio por meio do ‘povo fala’, nota, matéria, entrevista ao vivo, entrevista pré gravada, entrevista por telefone e boletim por telefone”, afirma.

Para apresentar aos alunos o convênio e explicar sua importância, foi feito um evento na sexta-feira, dia 18 de setembro de 2015, pelo Centro de Linguagem e Comunicação da PUC-Campinas, em que estiveram presentes os professores Rogério Bazi, diretor do CLC, e Lindolfo Alexandre de Souza, diretor da Faculdade de Jornalismo. O evento também contou com a presença do professor Luis Roberto Saviani Rey, responsável pelo projeto “Giro RMC”, do pró-reitor de graduação, Orandi Falsarella, o coordenador de jornalismo da rádio, Thiago Varella, e o diretor Zangari.

Para os alunos

O nome do programa foi sugerido durante o evento pelo aluno de Jornalismo, Fernando Diotto, que participou como repórter da primeira edição que foi ao ar no dia 19 de setembro, que trouxe temas sobre a crise financeira. As funções foram estabelecidas durante as aulas de Jornalismo Aplicado em Rádio do professor Saviani. Os apresentadores foram Mateus Souza e Carolina Orssolan, a edição contou também com o aluno Rodrigo Ferrari como repórter e Guilherme Vicentini na produção.

Para Fernando Diotto a oportunidade foi marcante. “Foi uma experiência bacana porque entrevistei o presidente da Câmara de Campinas, Rafael Zimbaldi, nunca entrevistei ninguém nesse grau de importância, esse diálogo foi interessante para mim e para todo mundo do grupo”. O estudante conta que o projeto vai acrescentar muito não só para o futuro da faculdade mas também para a vida dos participantes, já que são ouvidos em uma emissora regional. “É um incentivo para produzirmos algo bem feito já que o produto agora não será só da PUC-Campinas, mas da região toda”, afirma.

O aluno Mateus Souza, que montou os textos e os apresentou, conta que a experiência acrescenta muito para o aluno. “Já estávamos acostumados a gravar no laboratório, mas a experiência passa a ser diferente no momento em que sabemos que vai ser exposto em uma programação de uma rádio real”.

Para a rádio

A aproximação com a universidade começou de uma forma embrionária em 2012, quando a PUC- Campinas cedeu uma das professoras de Jornalismo para auxiliar a rádio a desenvolver uma grade autônoma. O projeto não teve continuidade devido a dificuldades estruturais e de horário, já que antes a rádio era parceira da Jovem Pan e os principais horários da grade estavam obrigatoriamente vinculados.

A rádio descobriu em 19 de dezembro de 2014 que o contrato com a Jovem Pan encerraria no dia 24 de janeiro de 2015, foi a partir desse momento que a rádio começou a pensar em novas oportunidades. “Quando descobri que o contrato com a Pan iria acabar eu tinha menos de um mês para pensar em uma nova grade, dentro desse desafio começamos a pensar em coisas para melhorar a programação da rádio e que pudessem trazer benefícios também para os parceiros que viessem”, afirma Felipe Zangari.

Em junho de 2015 todo o processo de maturação das ideias surgiu em um convênio entre a rádio e a universidade. “Esse convênio estabelece uma cooperação mutua em três pontos: capacitação de estudantes, divulgação de conteúdo e no retorno pedagógico que a rádio pode oferecer para a universidade.”

Para a divulgação de conteúdo na rádio, além do Giro RMC há o quadro PUC Comunidade, que vai ao ar toda quarta-feira no Programa Brasil Meio Dia. Durante a programação são feitas entrevistas com os professores de cursos de extensão da PUC-Campinas, que são gratuitamente oferecidos para as comunidades.

O Giro RMC é uma ferramenta de capacitação, durante a produção do programa estão previstas visitas periódicas pelo diretor e coordenador da rádio. “Nós vamos até a sala de aula conversar com o professor Saviani e com os alunos, para que possamos mostrar quais são os pontos a serem aprimorados no produto, dessa forma o aluno tem a oportunidade de fortalecer a capacitação”.

Confira o programa

Crédito: Fernanda Lavorini
Arte: Fernanda Lavorini

Editado por Izabela Eid

1 comentário

  1. Parabéns pela reportagem Fernanda! E estou gostando de ver os novos projetos envolvendo o curso de jornalismo da PUCC, como essa parceria com a Rádio, realmente é uma forma de aproximar cada vez mais o aluno da realidade profissional, para mim, atuar no Digitais foi uma das melhores experiências práticas que tive no curso, quando mais experiências assim os alunos tiverem, com TV, rádio, Impressos e online, melhor eles ficam preparados!

    Sucesso ao terceiro ano nestes novos projetos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s