E-Sports cresce e ganha atenção de brasileiros

Por Alex Fernandes

Que o povo brasileiro é apaixonado por esportes isso não é novidade, mas e quando o assunto é e-Sports? Segundo dados liberados pela empresa Riot Games, desenvolvedora do principal jogo de e-Sport e, também, do jogo mais jogado da Europa, América do Norte e América do Sul, League of Legends, o game conta com mais de 70 milhões de pessoas registradas, 32 milhões de jogadores ativos mensalmente e 12 milhões ativos diariamente.

Featured image
Foto: Riot Games

Apesar de ser algo novo para o povo brasileiro, que está mais acostumado com esportes que envolvem bolas, pistas de corridas ou quadras, o e-Sport vem ganhando cada vez mais espaço, tornando o sonho de ganhar a vida com jogos eletrônicos real para os amantes de games.

Em 2014, a final do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) foi no estádio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, sendo vencedora a equipe KaBuM e-Sports, a primeira equipe brasileira a ter participação no Campeonato Mundial do LOL. Mais de 6 mil pessoas presenciaram o evento ao vivo, enquanto outras 116 mil assistiram via internet.

Featured image
Final do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2015 Foto: Riot Games

Já em 2015, a final do campeonato ocorreu no Allianz Parque, o estádio do Palmeiras, em São Paulo. O evento reuniu 12 mil pessoas, segundo a produtora Riot Games. Um número que, divulgado pelo site da ESPN, é bem superior à torcida do Santos com média de 8.602 pessoas por partida, e à do Vasco com média de 8.706 pessoas por partida. A equipe vencedora de 2015 foi a paiN Gaming, que também se classificou para o Campeonato Mundial que acontecerá em outubro deste ano.

Conversamos com o jogador profissional da KaBuM e-Sports, Gustavo Alves, conhecido pelo apelido de Minerva entre os amantes do game. Ele nos disse que jogar diante de tantas pessoas o deixava muito nervoso, mas que hoje isso não o assusta mais. Além disso, quando perguntado sobre seu trabalho, se vale ou não a pena, Minerva nos disse que: “Para mim sim! Já estou há quatro anos neste meio”. Gustavo ainda nos disse que sempre teve o apoio de sua família e que se o salário não fosse bom, ele não estaria ha tanto tempo como profissional.

Segundo Guilherme Fonte, Diretor da KaBuM e-Sports, o e-Sports pode ser definido como “esportes eletrônicos”. Resume-se em equipes de jogos de computadores/videogames que disputam campeonatos e se envolvem com o jogo como qualquer outra profissão, sendo contratados por uma organização capaz de oferecer estrutura completa. Dentro do e-Sports, existem diversos gêneros de jogos, tais como: Estratégia em tempo real, luta, tiro em primeira pessoa (FPS) e MOBA. A maioria deles está nos computadores, em que jogadores com grande habilidade ganham destaque e são contratados como profissionais, a fim de praticar o game competitivamente. Para um jogo ser reconhecido como e-Sports, ele deve estar inserido em um cenário competitivo, além de contar com diversas equipes e agenda de campeonatos/premiações. Atualmente, podemos ver o e-Sports voltado um pouco mais para os games MOBA (Multiplayer online battle arena) e  FPS (First Person Shooter)

Featured image
Kabum após ganhar o CBLOL 2014. Minerva à direita. Foto: Riot Games

Dota 2, League os Legends, Counter-Strike: Global Offensive, Street Fighter e Starcraft II, são os principais jogos que representam o mundo do e-Sports hoje em dia, tendo campeonatos que pagam até milhões de dólares para a equipe vencedora. Como foi o caso do The International 4, campeonato de Dota 2 em que a equipe chinesa, Newbee, faturou US$ 5 milhões ao se consagrar campeã.

Featured image
Arte: Alex Fernandes

SAIBA MAIS:

Cyberatletas ganham até R$10 mil por mês.

Aprenda sobre League of Legends

Apesar disso tudo, não é fácil montar e manter uma equipe de e-Sports. Ao perguntarmos como um time igual à KaBuM e-Sports faz para manter as despesas em dia, Guilherme Fonte nos disse que toda organização conta com uma grande empresa para manter as equipes. Além disso, eles no disse também que: “Contamos com patrocinadores de peso no mercado de tecnologia, que investem em nossa empresa buscando propagar sua marca, tendo em vista que o perfil dos nossos torcedores/fãs é totalmente segmentado para o tipo de produto que oferecem.”

Featured image
Equipamentos usados por profissionais. Foto: Alex Fernandes

Assim como para jogar futebol são necessárias chuteiras, luvas, caneleiras, etc. Para os profissionais do e-Sports não é
tão diferente. Em jogos eletrônicos, os equipamentos são de grande importância. Bons teclados, mouses e até mesmo headsets (fones de ouvido gaming) melhoram, e muito, a jogabilidade e a comunicação do profissional com seus colegas durante uma partida. Não podendo esquecer, é claro, de um bom computador para jogos.

Por fim, para se tornar um jogador profissional de e-Sports é preciso paciência e muito tempo dedicado ao jogo. “Inicialmente, selecionamos algumas indicações dos nossos atletas que são colocados em testes. Após alguns treinamentos e jogos em equipe, conseguimos ver se o jogador tem potencial para atuar competitivamente como um time. Também analisamos o perfil e personalidade do player, capacidade de desenvolver trabalhos extras jogo, tais como: postura em entrevistas/fotos, responsabilidade, compromisso e dedicação”, disse Guilherme, Diretor da KaBuM e-Sports.

Além da KaBuM, outras organizações também estão atrás de novos jogadores para fazer o mercado crescer e uma delas é a CNB HyperX, que criou um projeto nomeado “Preparando Campeões”, a ideia dá a oportunidade de treinamento e acompanhamento de profissionais do MOBA para montar o time de reservas, que auxiliarão a equipe no Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL).

Editado por Caren Godoy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s