Guarda Municipal de Vinhedo conquista medalha em mundial de taekwondo

Por Alex Fernandes

O guarda municipal e atleta, Nivaldo Coelho (46), conquistou a medalha de prata nos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, nos Estados Unidos , que aconteceu durante o mês de julho. Com a conquista, Coelho tornou-se um exemplo para os habitantes da cidade de Vinhedo, interior de São Paulo.

Nivaldo recebe a medalha de prata. Foto por: Nivaldo Coelho
Atleta recebe  medalha de prata. Foto: Nivaldo Coelho

Os Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, ou World Police and Fire Games (WPFG), é um evento de atletismo aberto aos ativos e aposentados da aplicação da lei e fogo pessoal de serviço em todo o mundo. Realizada a cada dois anos, a competição oferece, aproximadamente, sessenta desportos (e quase 80 disciplinas), incluindo a pesca amadora, wrestling e tiro com pistola. A participação é de cerca de 10.000 participantes, um número ligeiramente menor do que o dos Jogos Olímpicos.

O atleta, que ganhou a medalha na modalidade taekwondo disse que o esporte surgiu em sua vida através do convite de dois amigos, no fim da década de 80, que já praticavam essa arte marcial. “Eu adorava assistir filmes de luta. Já havia feito aulas experimentais de outras modalidades e quando fiz o taekwondo. Me encantei com a beleza das técnicas, do que nós chamamos de ‘a arte dos homens voadores'”, complementa.

Guarda municipal desde 2008, Coelho explica que motivo de ter escolhido a profissão é estava relacionado com a ideia de implantar um projeto de aulas de taekwondo para os guardas municipais. Após gostar de seu trabalho e de poder, também, dar mais segurança para sua família e amigos, o atleta decidiu permanecer como GM.

Escute a seguir um áudio em que ele explica sua rotina de treinos e como fez para conciliar tudo isso com seu trabalho.

Segundo o vinhedense Augusto (28), Coelho é um exemplo para a cidade e para os jovens que um dia serão o futuro da mesma. “Ver algo como isso acontecer é muito bom. É bom saber que alguém como ele está nos protegendo nas ruas e nos representando em outros países. É um exemplo que as crianças deveriam seguir. Tem muita molecada perdida por aí”, diz.

Ao ser perguntado se já pensou em desistir das competições Coelho diz que não, pois de forma alguma consegue se ver longe das quadras. “Ainda tenho metas. Ainda busco conquistas. O esporte me faz sentir jovem”, conta.

Nivaldo em sua luta contra atleta dos EUA. Foto: Nivaldo Coelho
Nivaldo em sua luta contra atleta dos EUA. Foto: Nivaldo Coelho

Por fim, ele conta que para participar dos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros o interessado precisa enquadrar-se dentro das áreas de segurança pública do seu país. Cada atleta faz sua inscrição individualmente, podendo solicitar, ao coordenador da modalidade no evento, uma carta de apresentação para sua corporação.

Editado por Débora Lopes

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s