Artistas provam uso de diferentes técnicas usando lápis de cor em exposição

Obra de Rosana Roscito - Fonte: Giovanna Breve
Obra de Rosana Roscito – Fonte: Giovanna Breve

Por Giovanna Breve

Inaugura hoje a mostra de arte “Lápis & Cor” na Escola de Arte Ide, que conta com a presença de 10 artistas expondo 19 obras, utilizando como técnica o lápis de cor usando diferentes temas e formas. Theóphilo Ide , dono da escola de arte, conta que a ideia veio entre abril e maio, durante a época dos livros de colorir, mas que a exposição não é considerada uma crítica aos livros. “Nada contra, mas dá para fazer coisas mais interessante, é apresentar um novo caminho ao invés de ficar só preenchendo” esclarecendo.

As artistas Karen Hilkner e Raquel Poloni, também ilustradoras, fizeram suas obras baseadas em histórias e poesias, sem uma referência de imagem. “O exercício foi proposto pela professora, que na época, foi a Karen, e ela propôs histórias infantis e poemas que ela dava em aula” conta Raquel, como a obra do Jabuti Guloso (foto abaixo), da poesia de João Proteti. Karen ressalta. “Eu lia um poema e as alunas, a partir do que estava lendo, criavam uma ilustração pessoal dentro do mesmo tema.

Uma das obras de Raquel Poloni, O Jabuti Guloso, inspirado na obra de mesmo nome de João Proteti - Foto: Giovanna Breve
Uma das obras de Raquel Poloni, O Jabuti Guloso, inspirado na obra de mesmo nome de João Proteti. Foto: Giovanna Breve

O lápis de cor tem várias maneiras para ser utilizadas, como o caso de Robison José da Silva, ganhador da categoria caricatura no 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba do ano passado, utilizou, além dos lápis, corretivo e lápis térmico, e fez duas ilustrações de famosos do Brasil, uma caricatura de Neymar e o retrato da falecida cantora Jovelina Pérola Negra “Usei lápis térmico e corretivo na folha preta. No meu caso, mexo com caricatura e gosto muito das raízes do Brasil, como sertanejo, samba, tanto que fiz a caricatura do Cartola que ganhei o prêmio de Piracicaba” afirma.

Confira aqui a galeria das obras:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Trabalho

Mas quem acha que por apenas usar o lápis de cor como material o processo é fácil, se engana. Karen fala que é um longo processo e que pode durar meses “A técnica do lápis de cor é um pouquinho mais lenta do que outras técnicas, porque demora para pintar”.

Serviço

A galeria ficará exposta até o dia 22 de setembro, a entrada é franca, mas é recomendado ligar para a escola com antecedência, o telefone é (19) 3296.3553 ou (19) 99724.8766. A Escola de Arte Ide fica na Rua José Próspero Jacobucci, 51, Parque das Universidades entre a Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas Campus I e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Editado por Carolina Neves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s