PUC-Campinas inicia o programa De Bem Com a Vida

Por Giovanni Mari

A PUC-Campinas realiza em parceria com a Coordenadoria Geral de Atenção à Comunidade Interna (Caci) o programa De Bem Com a Vida pela primeira vez. Aprovado pela reitoria da PUC em 11 de fevereiro deste ano, o projeto começou no mês de maio juntamente com a faculdade de Educação Física (Faefi). O trabalho tem como intuito ampliar as discussões e atividades em torno da temática saúde e bem estar da comunidade interna. Para participar do programa é simples, basta ser funcionário, docente ou aluno da universidade e poderá participar gratuitamente. As atividades são divididas em três frentes: No Pique da PUC-Campinas, Cuidando da Saúde e Viva a Vida.

Com o inicio das atividades a cerca de um mês, o coordenador do projeto e professor da PUC José Donizeti de Souza exalta os pontos positivos em participar das atividades propostas. “O Programa possibilita a disponibilização de informações importantes sobre temas relacionados à saúde (tabagismo, alcoolismo, hipertensão, estresse, pressão alta, etc.), atreladas à realização e orientação de exercícios físicos compatíveis com cada doença. Além disso, possibilita a prática semanal de exercícios físicos na academia”.

Dados do projeto desde o seu inicio em maio
Dados do projeto desde o seu inicio em maio

O projeto No Pique da PUC-Campinas já existe desde 2004 e foi colocado em parceria com as outras duas atividades. Segundo Donizete, a Caci e a Faculdade de Educação Física (Faefi) tem como finalidade de estimular professores, funcionários e aprendizes a pratica de exercícios físicos regulares de maneira consciente e sistematizada. “No Pique da PUC-Campinas é um fruto de parceria entre Caci, divisão de recursos humanos, departamento de medicina do trabalho e faculdade. É um projeto que trás resultados extremamente favoráveis principalmente pela avaliação dos funcionários da instituição” ressalta Donizete.

Cuidando da Saúde é outro projeto que tem como finalidade conscientizar os alunos e funcionários da PUC a situações de risco à saúde com os hábitos sociais de vida no século XXI. Por meio das palestras do departamento de medicina do trabalho e das diversas áreas da instituição relacionadas a exercícios físicos pontuais. Por último, o projeto Viva a Vida, que auxilia na melhora nas condições de vida das pessoas por meio de atendimentos e orientações de saúde e exercícios físicos ligados a problemas de saúde.

A Caci já vinha conversando e negociando para fazer esse projeto a cerca de dois anos, mas não encontrava chance adequada para realizar os eventos. Mas em 2015, o projeto foi colocado em prática quando o departamento de recursos humanos e medicina do trabalho procuraram a Caci e colocaram o interesse em participar das atividades com as temáticas Cuidando da Saúde e Viva a Vida. Segundo Donizeti, foi o que faltava para iniciar o trabalho.

Quanto aos resultados no primeiro mês, a coordenadoria acredita que foi positivo e que pode melhorar nos próximos meses. “Ao final de 2015, realizaremos uma avaliação sobre as metas atingidas ou não, a partir de indicadores qualitativos e quantitativos. E após essa avaliação, esperamos melhorá-lo em suas deficiências e ampliar a quantidade de projetos do programa” garante o professor Donizeti.

Editado por Beatriz Bressam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s