Serviço inédito no Brasil castra gratuitamente mais de 800 animais domésticos no município de Campinas

Por Isabella Lino

Inédito no país, o Programa Municipal de Esterilização registra o número de 885 animais domésticos (cães e gatos) castrados no bairro Boa Vista em Campinas. O procedimento, que não possui custo financeiro ao cidadão, é terceirizado e tem verba de 600 mil reais para renovação, só na primeira etapa passou de 400 mil. O Programa será expandido para mais bairros da cidade ainda esse ano.

O serviço é realizado dentro de um ônibus completamente equipado, apelidado de “Castromóvel”, que passa nos bairros para esterilizar os animais. A preparação para a cirurgia acontece em uma tenda fora do automóvel e somente depois os cães e gatos são submetidos à cirurgia de castração.

Animais são preparados para a cirurgia. Foto: Conselho Municipal de Proteção dos Animais
Animais são preparados para a cirurgia. Foto: Conselho Municipal de Proteção dos Animais

“Considerando que 20% da população canina e felina do bairro já era castratada quando fizemos as abordagens, o índice de esterilização animal no bairro saltou para 80%”, relata Paulo Anselmo Nunes Felippe, veterinário e diretor do Departamento de Bem-Estar Animal da Secretaria do Verde.

Os tutores passam pelos bairros informando sobre o procedimento e suas vantagens: “Nossa equipe bate de porta em porta, verificando a existência de animais não castrados e convencendo os tutores sobre os ganhos com o procedimento; os pets são operados somente mediante concordância dos donos”, explica o veterinário.

Próxima etapas

A partir de Junho o Castromóvel passará pela região do Campo Grande.

“Escolhemos esse período porque para maio está prevista uma intensa ocupação de projetos habitacionais, o que costuma acarretar dois problemas sérios: a insistência em levar na mudança bichos incompatíveis com as novas habitações ou o simples abandono”, esclarece o diretor. “Com nossa presença na região, aproveitaremos para orientar os moradores a colocar os mascotes inadequados para adoção e, se quiserem, adotarem outros, que sejam compatíveis”, finalizou.

Animais de rua

O programa de esterilização, que é um programa municipal, ainda não se aplica aos animais de rua.

Segundo o diretor Paulo Anselmo, isso acontece devido alguns fatores como, esses animais possuem expectativa de vida reduzida, o pós operatório é complicado e carece de cuidados e a maioria dos abrigos estão sem vagas.

O Estatuto dos Animais está tomando providências frente a essa problemática e que serão enviadas a Câmara dos Vereadores. “Já estamos com cerca de 100 artigos e, com relação aos errantes, ao menos duas propostas serão implementadas: o estabelecimento da condição da guarda temporária e a regulamentação da figura do cão comunitário”, afirma Nunes Felippe.

Editado por Isabella Pastore

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s