Diferença no preço do quilo do pão francês é de até 102%, diz Procon

Por Marcel Kassab

Uma pesquisa realizada e divulgada pelo Procon em abril serviu de alerta para os campineiros que não conseguem ficar sem comer pão francês. O motivo é o preço do quilo do principal alimento do café da manhã, que tem variação de até 102% na cidade e pode chegar a R$ 11,90.

A pesquisa, realizada entre os dias 18 e 25 de fevereiro, analisou 38 estabelecimentos, nos quais se encaixam padarias e supermercados, que em média têm o preço do quilo inferior. O mais barato pode ser encontrado por R$ 5,90 no supermercado Bolachão, enquanto o mais caro sai por R$ 11,90 nas padarias Ricco Pane, em Sousas, e Boulangerie de France, no bairro Nova Campinas.

Quilo mais caro foi encontrado por R$11,90, enquanto o mais barato sai por R$5,90. Foto: Marcel Kassab.

Segundo o diretor do Procon, Ricardo Chiminazzo, o preço do quilo do pão francês se manteve estabilizado em comparação com pesquisas anteriores, realizadas em agosto, outubro e dezembro do ano passado. ‘’O segmento de padarias teve uma leve alta no preço médio, ao passo que o segmento de supermercados teve uma leve baixa, mantendo a média global praticamente inalterada’’, afirma. A média global do quilo do pão francês é de R$ 9,12.

O preço salgado faz com que os consumidores adotem alternativas na hora de se alimentar. Dona Fátima, por exemplo, disse que come pão com menos frequência e que deu um jeito de substituí-lo por outros alimentos. ‘’Realmente o preço está caro, tem que saber onde comprar. Em casa, eu e minha irmã diminuímos a quantidade e no café da manhã, de vez em quando, comemos frutas”, completa.

Quando perguntados sobre o porquê de o preço do quilo variar tanto e estar mais caro do que os últimos anos, os donos das padarias afirmam que o aumento é resultado da alta do dólar e do custo de transporte, que também ficou mais caro por causa da elevação no preço do combustível.  ‘’Na verdade, o preço poderia estar ainda mais caro. Os ingredientes subiram e o custo do transporte aumentou, o que naturalmente eleva o preço do pão’’, afirmou o proprietário de uma padaria de Barão Geraldo.

Editado por Gustavo Gianola

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s