Ato contra racismo reúne 70 pessoas em frente ao Campus Central da PUC-Campinas

Por Bárbara Garcia

Uma manifestação contra o preconceito racial intitulada  “Racistas não passarão” reuniu 70 pessoas em frente ao Pátio dos Leões no campus central da PUC-Campinas na última quarta-feira (15) às 19h. A organização foi dos coletivos “Raizes da liberdade”, “Juntos – Negros e Negras” e do Núcleo de Consciência Negra da PUC-Campinas.

O motivo da manifestação são os recentes casos de racismo ocorridos na universidade, como o sofrido pelo aluno Fernando Morais, do primeiro ano de Direito. Morais recebeu postagens com conteúdos racistas em seu facebook. As publicações foram impressas e expostas em um varal durante o ato. Faixas e cartazes com frases como “Minhas cotas não permitem seu racismo” e “Nego que luta”  e “Minha cor não é piada” mostravam as principais reivindicações do movimento, enquanto os manifestantes gritavam palavras de ordem em um megafone.

Segundo a organizadora Micaela Rodrigues, do “Raízes pela Liberdade”, o objetivo é pressionar a universidade a se pronunciar sobre o assunto. A também organizadora, Bianca Cintra, do coletivo “Juntos” ressalta que a situação não se limita aos alunos. “Práticas racistas tem ocorrido na universidade não somente por parte dos alunos, mas também dos professores. Isso tem que acabar”, protesta Bianca. A militante Tuany Gasparino, também do “Juntos” completa: “Estamos encaminhando um processo judicial contra as pessoas que cometeram racismo na internet, mas a punição não acabará com o preconceito racial. Organizar nossa luta política é o mais importante”.

Em nota, a PUC-Campinas informou que repudia todo ato preconceituoso nos campi e “respeita o direito de liberdade de expressão dos alunos”. Além disso, afirmou que se responsabiliza apenas pelo conteúdo do site oficial da universidade.

WP_20150415_18_15_56_Pro

A militante Maria Eduarda exige um posicionamento da universidade em relação aos casos de racismo

Foto: Bárbara Garcia

WP_20150415_18_35_07_Pro

À  frente, a estudante do segundo ano de Letras Patricia Carvalho preparando cartazes para a manisfestação

Foto: Bárbara Garcia

WP_20150415_18_33_13_Pro

Cartaz feito pela estudante de Letras Patrícia Carvalho defende a necessidade das cotas raciais

Foto: Bárbara Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s