ABRIN movimenta mercado de brinquedos no país

Por Cassius Torres de Oliveira

A ABRIN, maior feira de brinquedos da América Latina, que acontece todos os anos na cidade de São Paulo, reúne os mais conhecidos fabricantes de brinquedos do Brasil. A edição desse ano foi sediada no Expo Center Norte e contou com estandes de todo o país. Promovida pela Associação Brasileira de Brinquedos (ABRINQ) e pela Francal Feiras, o evento foi de 7 a 10 de abril. As empresas expõem desde seus brinquedos mais clássicos, passando por lançamentos até protótipos de futuros brinquedos. 

feir2
A feira reúne fabricantes de brinquedos de todo o país. Foto: Cassius Torres de Oliveira

Este ano houve uma redução no espaço cedido aos expositores. Em 2014, as empresas dispunham de 35 mil metros quadrados para dividirem. Esse número caiu pra 30 mil metros quadrados em 2015. Não foi só o espaço que diminuiu, mas também o número de expositores, que foi de 180 ano passado para 176 esse ano. Para Diego Tateshi, expositor da feira, essa diminuição do número de empresas é explicada pelo custo do espaço. “Muitas empresas de pequeno porte não tem o retorno desejado com o dinheiro investido para expor na feira e acabando saindo após uma participação. As vezes a vezes a empresa precisa crescer mais para poder voltar a feira e se destacar”, afirma Tateshi.

feir
Estande da Toroli Toys. Foto: Cassius Torres de Oliveira

Para Renato Vilela, lojista e comprador na feira, o evento é de extrema importância para movimentar o mercado de brinquedos no Brasil, uma vez que traz grandes novidades reunidas em um só local. “O mercado de brinquedos é sazonal. Não se vende brinquedos com a mesma intensidade o ano todo. Os meses de outubro e dezembro são os mais rentáveis para os fabricantes e lojistas, já que vendemos para o dia das crianças e também para o natal”, relata Vilela.

Vendas

Segundo o proprietário da Toroli Toys, Fabricío Torres, as vendas nessa edição foram expressivamente superiores para sua empresa em relação a edição de 2014. “Houve um aumento de 22% nas nossas vendas para lojistas em relação a feira do ano passado. É um número expressivo, já que, geralmente, nossas vendas aumentam, em média, 15% de um ano para o outro”, completa.

Editado por Gustavo Gianola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s