Médicos veterinários exercem função fundamental na segurança de alimentos

Por Silvana Carias

O dia mundial da saúde, comemorado no dia 07 de Abril,  trouxe discussões acerca do tema prioritário escolhido esse ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a segurança de alimentos.
O que muitos não sabem, é que o tema está diretamente ligado a profissão de medicina veterinária. ‘’Sem dúvidas falta informação às pessoas em relação a essa função do médico veterinário’’, comenta Francis Flosi, médico veterinário e vice-presidente da Associação Brasileira de Veterinários Especialistas.

1
O leite e seus derivados devem ser inspecionados por médicos veterinários (Foto: Silvana Carias)
2
Cortes de carne expostos em ponto de venda (Foto: Silvana Carias)

Os médicos veterinários são responsáveis pelo controle de todos os alimentos de origem animal. É função desses profissionais fazer a inspeção e a higiene de todos os alimentos in natura ou processados nas indústrias alimentícias e pontos de vendas destes produtos e sub-produtos, como por exemplo, o leite e seus derivados. ‘’Nós somos responsáveis até pelo mel que é produzido pelas abelhas’’, explica Flosi.

A segurança de alimentos refere-se a capacidade de um alimento não causar dano ou lesão ao consumidor. Segundo a médica veterinária mestre em ciência de alimentos, Simone Raszl, a falta de segurança pode ser traduzida em alguns números.

INFO_1
Informações: Organização Mundial da Saúde (Infográfico: Silvana Carias)
INFO_2
Informações: Organização Mundial da Saúde (Infográfico: Silvana Carias)

‘’O velho ditado que diz ‘o que não mata, engorda’ é um mito. Porque o que não mata pode causar emagrecimento e deixar sequelas irreversíveis’’, define Simone.

Tania Arradi, consumidora cativa de produtos de origem animal e Nutricionista, acha que a saúde dos alimentos envolve um longo processo que é desconhecido pela população. ‘’No caso da carne, por exemplo, as pessoas se preocupam só com o frigorífico e não pensam em outros fatores fundamentais, como o transporte, armazenamento, recebimento e os profissionais envolvidos no processo. Falta informação’’, explica.

Francis Flosi acredita que a falta de pronunciamento dos próprios médicos veterinários colabora para total ignorância de leigos sobre a atuação do profissional. ‘’Culpo também nossas entidades de classe que não se preocupam em divulgar este importante papel do médico veterinário para a sociedade brasileira’’, finaliza.

Editado por Marília Alberti

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s