Você sabe como escolher o peixe para a Semana Santa?

Por Leila Justo

Seguindo a tradição religiosa, os brasileiros consomem muito peixe durante os dias que antecedem à Páscoa. Mas este alimento requer diversos cuidados no momento de sua escolha, já que para mantê-lo adequado ao consumo, é preciso seguir algumas regras.

A pesquisadora do Instituto de Pesca (IP), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Daniela Castellani dá dicas para escolher o peixe mais fresquinho para as comemorações da Semana Santa, seja ele fresco, salgado ou congelado.

Os peixes frescos precisam estar com aspecto externo semelhante ao do peixe vivo. O corpo deve estar firme e resistente com o ventre normal, nem murcho e nem inchado.“A rigidez da carne é um excelente indício de que o peixe está fresco. É preciso, porém, observar se a rigidez não é devido ao congelamento, que precisa seguir regras. O peixe fresco deve ser colocado à venda sobre gelo, na proporção de pelo menos 1 kg de gelo para cada 1 kg de pescado”, afirma a pesquisadora.

Preço do bacalhau "Tá o olho da cara!" segundo Miriam. (Foto: Leila Justo)
Preço do bacalhau está “o olho da cara” segundo Miriam. (Foto: Leila Justo)

A dona de casa Miriam Azevedo, 41, disse que fica sempre atenta na hora de comprar os pescados. “Nesta época, eles cobram caro por tudo que é peixe, mesmo quando dá pra ver que não está tão fresquinho assim. Bacalhau então, tá o olho da cara!”, lamenta Miriam. Mas a dona de casa tem um truque: “Tem que saber onde comprar, sempre ver se o lugar é bem limpinho. Eu sempre vou no meu supermercado de confiança.”

Segundo Daniela, dona Miriam realmente tem razão. “Para não correr o risco de errar, o consumidor deve verificar a qualidade do produto, as condições de armazenamento e a higiene do local”. Outra forma de saber a qualidade do peixe é através do seu odor. “Cheiro ácido ou azedo indica que o pescado é impróprio para o consumo. Ele deve ter o cheiro característico de peixe e as escamas não devem se soltar com facilidade.“, alerta a pesquisadora.

Celso escolhendo bacalhau para a sexta-feira santa (Foto: Leila Justo)
Celso escolhendo bacalhau para a sexta-feira santa (Foto: Leila Justo)

O administrador de empresas Celso Marcondes, 54, optou pelo bacalhau salgado e admitiu não saber ao certo como garantir que o peixe está fresco. A pesquisadora afirma que peixes salgados, como o bacalhau, não devem apresentar manchas escuras ou avermelhadas na sua superfície. “Os consumidores devem dar preferência para a peça inteira, sem estar desmanchado e o sal espalhado na superfície deve ter aparência homogênea”.

Peixes congelados

Para comprar o peixe congelado corretamente, basta estar atento se a embalagem está bem fechada e se não contém gelo solto dentro do produto. A temperatura do compartimento onde está o alimento deve estar no mínimo a -18º C e o peixe nunca deve ser congelado mais de uma vez. “A vantagem de optarmos pelo peixe congelado reside no fato de ser um alimento microbiologicamente mais seguro e um produto mais econômico”, afirma Daniela.

Editado por Willian Sousa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s