Eventos celeste marcam a noite desta sexta-feira (20)

10462743_665537283500511_8539916353922973589_n
Os eventos acontecerão na noite desta sexta-feira (20) (Foto: André Montejano)

Por: Alessandra Xavier e Isabella Pastore

O céu de sexta-feira (20) vai estar diferente e será marcado por três diferentes etapas: um equinócio, um raro eclipse total e uma superlua. Porém, cada episódio vai acontecer em lugares distintos.

O equinócio, que acontece quando o dia e a noite tem a mesma duração de exatas 12 horas, devido ao cruzamento do Sol com a Linha do Equador, marca o início do outono no hemisfério Sul e da primavera no Norte. Esse fenômeno vai acontecer oficialmente às 22h45 GMT (19h45 de Brasília).

Já o eclipse total solar, que acontece na sexta-feira, só vai poder ser visto por quem estiver em regiões extremas do hemisfério Norte, como a Groenlândia. Para quem estiver na Europa, na África ou na Ásia, será parcial. O Sol deve começar a sumir por trás da Lua às 7h41 GMT (hora de Greenwich, na Inglaterra; 4h41 em Brasília), atinge o seu pico às 9h45 GMT (6h45 em Brasília) e termina por volta das 11h50 GMT (8h50 em Brasília).

A superlua, que poderá ser vista em diversas regiões, não terá tanta repercussão, porque a data coincide com o início da lua nova, o que vai dificultar a visualização do fenômeno. A época ideal para a superlua é quando há lua cheia, afinal ela alcança o perigeu, ponto em que fica mais próxima da Terra devido à sua órbita elíptica, e, por isso, parece muito maior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s