Mesmo com a economia balançada, setor de franquias deve crescer em 2015

Por Marília Gabriela Simão

Comprar produtos em franquias é algo que já virou rotina na vida dos consumidores e esse mercado tem crescido consideravelmente. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), no ano de 2013 o setor obteve um faturamento de R$115 bilhões e, em 2014, este número subiu para R$127 bilhões, o que significa um aumento de 7,7%. Para 2015, a expectativa é positiva em relação aos números, ainda que a economia viva um momento delicado. Atualmente, são 2.942 marcas de franquias existentes no Brasil e a projeção é que, neste ano, este número aumente em 8%, ou seja, 235 novas redes.

A Folha de São Paulo realizou uma apuração com consultorias especializadas no desenvolvimento de franquias e chegou a conclusão de que setores como de esmalterias e paleterias devem sofrer queda ou entrar em crise neste ano. Isso se deve pelo fato da grande quantidade de marcas que surgem relacionadas a um segmento e que, depois de uma “febre”, apenas as mais fortes conseguem se manter no mercado. Ainda segundo o jornal, redes da área de alimentação são as que mais devem receber lançamentos nos próximos meses, seguida por serviços e comércio.

Infografico
Resultado da pesquisa da Folha pode ajudar a direcionar novos empresários no ramo em 2015 (Infográfico: Marília Gabriela Simão)

A cidade de Campinas ocupa a segunda posição no ranking dos melhores municípios para se investir no estado de São Paulo, ficando atrás apenas da capital. Dados da ABF mostram que, em 2013, o faturamento  atingiu a marca de R$4,3 bilhões.

Atualmente, são 6 mil unidades franqueadas, somando-se lojas próprias e gerenciadas por terceiros. Segundo uma pesquisa realizada pela Rizzo Franchise, consultoria especializada na área, o melhor setor para se investir na cidade é educação, e o pior é o setor de vestuários e acessórios.

Bruna Honório, 29, trabalha como gerente comercial das duas franquias da Maybelline – linha de cosméticos da marca L’oreal – em Campinas, localizadas nos shoppings Dom Pedro e Iguatemi, abertas em setembro e novembro de 2013, respectivamente. Ela conta que uma terceira unidade foi aberta no Dom Pedro, mas não conseguiu ir pra frente. “Nós queríamos fazer uma experiência, por conta do tamanho do shopping e o fluxo de pessoas. Porém, não deu certo, pois colocamos o quiosque no setor de serviços e então tivemos de fechar”. Bruna ainda afirma que, apesar de a franquia nunca ter passado por uma crise, todos os funcionários estão preparados para uma situação de queda nas vendas, que ocorre sazonalmente. Confira no áudio.

A fisioterapeuta Thaís Camargo, 29, começou a carreira trabalhando como professora de pilates em um estúdio de Campinas em 2009. Após um tempo de trabalho, foi convidada pela dona para supervisionar a segunda unidade. “A Elise- dona da empresa- pediu para que eu a ajudasse a administrar o estúdio que ela tinha aberto na época, e assim me tornei sócia dela”, disse.  O Studio E Pilates foi aberto em 2008 e hoje possui 19 unidades espalhadas na cidade. “O Studio surgiu quando ainda não se conhecia muito o que era pilates. De uns dois anos pra cá, houve um boom, e a procura aumentou bastante, seja por interesse estético ou para cuidar da saúde”, acrescenta.

Thaís possui sociedade em três das franquias e conta que o sucesso depende da forma como se administra o negócio. “Há meses em que o interesse cai bastante, principalmente no inverno, mas nossa estratégia é trazer sempre novidades. Começamos com pilates solo e hoje trabalhamos com pilates suspenso e pilates aéreo. Além disso, nossas fisioterapeutas sempre passam por atualização”, finaliza.

Editado por Ana Carolina Pertille

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s