Dores na coluna atingirão 80% da população mundial

Por Ana Luiza Sesti

Dores na lombar ou na cervical são reclamações constantes nos dias de hoje. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 80% da população mundial sofrerá, pelo menos, um episódio de dor na coluna durante a vida.

Com exceções de lesões provocadas por quedas e acidentes ou problemas genéticos, as causas mais comuns de dores na coluna, segundo a fisioterapeuta e professora de pilates, Mariana Zorzi, 28 anos, são “problemas posturais como, por exemplo,  sentar errado, falta de atividade física e  estresse”. Reflexos do estilo de vida ‘corrido’ que cerca a maioria da população atualmente.

Foi o que aconteceu com a funcionária pública, Luciana Sciamarelli Cremonesi, 35 anos, que atribui às dores que sentia na coluna à má postura, que iniciou quando ingressou na faculdade. “Antes da faculdade não ficava muito sentada e tinha uma rotina mais ativa. Após a faculdade isso mudou muito. Ficava sempre sentada para trabalhar, para estudar e, quando tinha tempo para assistir televisão, deitava. Minha postura para assistir televisão também era péssima”, explicou Luciana Cremonesi.

Para o tratamento adequado de cada tipo de dor é fundamental a orientação de um médico que diagnosticará o real motivo do incômodo. Em alguns casos são realizados exames precisos e em outros, “atividades físicas e trabalhos mais específicos como o RPG e pilates são boas opções para problemas de coluna”, afirmou Mariana Zorzi.

DSCN8615
A fisioterapeuta, Mariana Zorzi, realiza o alongamento posterior de perna e coluna, no aparelho ‘reformer’ (Crédito: Ana Luiza Sesti)

A fisioterapeuta ainda ressalva a importância do acompanhamento de um profissional na execução dos exercícios. “Feitos sem um bom acompanhamento podem ser muito prejudiciais, levando a piora da dor ou até mesmo a uma lesão mais grave”, explicou Mariana Zorzi.

Hoje, Luciana Cremonesi não sofre mais com dores na coluna, pois há dois anos pratica pilates. Ela conta que o profissional especializado foi muito importante nesse processo: “Ele detectou todos os meus vícios de postura e foi me condicionando ao modo correto, consequentemente, uma rotina sem dores”, conta a funcionária pública.

IMG_6070
Luciana Sciamarelli Cremonesi sobre a prática do pilates: “tudo melhorou” (Crédito: Mariana Zorzi)

Pilates

O pilates é um sistema completo de exercícios criado pelo alemão Joseph Pilates, na década de 1920. Atualmente, ganhou destaque e esta em alta pelos vários benefícios que proporciona. Dentre eles estão a correção postural, o aumento da flexibilidade e força muscular, alívio das tensões e a melhora da coordenação motora. Para entender melhor a prática, a fisioterapeuta, Mariana Zorzi, respondeu algumas questões para o Digitais:

Digitais: O que representa a coluna para o corpo humano?

Mariana Zorzi: “A coluna é responsável pela sustentação e movimentação do corpo. Ao mesmo tempo em que ela é uma estrutura delicada, devido a medula que passa entre as vértebras. Ela é resistente, pois representa 40% do tamanho do corpo humano”.

Digitais: O que o pilates proporciona a coluna e ao corpo?

Mariana Zorzi: “O pilates ensina a trabalhar o corpo como um todo, o físico e o mental. Os movimentos lentos, de baixo impacto e em poucas repetições, proporcionam resultados eficazes no estresse gerado na coluna, na melhora da postura, na coordenação motora, trabalhando a consciência e o equilíbrio corporal, e promovendo também um relaxamento”.

Digitais: Quem tem dor na coluna pode fazer todos os exercícios do pilates?

Mariana Zorzi: “Os exercícios são variados, então tudo irá depender do aluno. Uma avaliação física é sempre boa para o profissional conhecer o aluno, o grau de sua dor e assim passar os exercícios de forma agradável e correta”.

DSCN8623
A fisioterapeuta Mariana demonstra o exercício ‘mobilidade de coluna’, no aparelho ‘cadillac’ e bola. (Crédito: Ana Luiza Sesti)

Editado por Isabella Robaina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s