Cine Topázio encerra suas atividades em Campinas

Por Paula Fonseca

Após a recente declaração do fechamento do Cine Topázio em Campinas, um grupo criado no facebook para reunir os frequentadores do local, começou um abaixo assinado para tentar evitar o fato, entretanto a proposta não foi consolidada e o cinema que foi aberto em julho de 2003 encerra suas atividades neste dia 30/11 de forma comovente entre os cinéfilos da cidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com uma programação fora do eixo blockbuster ou hollywood como costumamos conhecer, o cinema nasceu com a proposta de fugir dos grandes lançamentos e da programação mais comercial que as grandes redes dos shoppings oferecem. Para o gerente geral, Paulo Celso Lui, filho do dono da rede Cine Topázio em Campinas e Indaiatuba, a falta de público foi o fator que levou ao fechamento do local “Infelizmente o público para este tipo de filme é muito, muito pequeno. Com isso, as receitas não cobriam as despesas e a empresa já vinha trabalhando no vermelho há um bom tempo”.

Aos fiéis frequentadores, não é uma situação nova na cidade. Durante alguns anos Campinas viu abrir e fechar diversos outros cinemas com a mesma proposta. Nesta última semana o clima de despedida torna o ambiente triste. Mesmo não autorizados a falar com a imprensa, funcionários que trabalham no local desde sua criação junto com frequentadores, se comovem ao contar suas memórias. No caso de Marco Antônio Alves, que é um frequentador fiel, a emoção de se despedir de um local tão querido é inevitável. Ouça seu depoimento.

No cinema eram exibidos de 5 a 7 filmes diferentes por mês e para Leonardo Sodini que também frequenta o local desde quando ainda tinha sua sede no antigo Shopping Jaraguá, essa diversidade cultural dos filmes é uma das maiores perdas para a cidade, mas também a maior lembrança para os amantes da sétima arte. Ele fala da importância do cinema na sua vida. Ouça no áudio abaixo.

Mesmo com o abaixo assinado e o contato com a secretaria de cultura o fechamento era inevitável, de acordo com o gerente e não há previsão para reabertura. Ainda assim, Paulo Celso afirmou que há estudos para alguma nova proposta “Existem estudos de viabilidade por parte de um dos sócios, e a Secretaria se colocou à disposição para ajudar no que for possível a ela, caso vislumbremos alguma coisa”. E enquanto um recomeço para o cinema em Campinas não tem previsão, a rede em Indaiatuba que já tem algumas sessões de filmes de arte, será alterada para que estes ganhem mais espaço ainda.

 Editado por Jacqueline Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s