Você sabe como usar o LinkedIn?

Por Alef Gabriel

Rede Social LinkedIn específica para contatos profissionais/ Crédito: Divulgação
Rede Social LinkedIn específica para contatos e grupos profissionais (Créditos: Divulgação)

Você já deve ter ouvido por aí, nos dias atuais, que a janela para seu marketing pessoal são as redes sociais. É muito comum hoje os empregadores pedirem para verificar as contas virtuais destes futuros profissionais e até mesmo algum tipo de portfólio virtual para que possam ter acesso ao que a pessoa produziu e avaliá-la melhor. Aqui no Digitais nós já abordamos o que a má exposição na internet pode acarretar para sua imagem e também uma nova maneira de se fazer o velho e tradicional currículo.

O fato é que o Facebook, Twitter, Instagram são redes com caráter mais pessoal e não encaixa bem com o perfil profissional que o empregador quer encontrar. Isto é, não é um lugar onde ele encontrará por exemplo: sua formação acadêmica, cursos extras, suas antigas experiências e seu portfólio. Para isso hoje em dia, existe uma rede social especializada que une estes dados profissionais, o LinkedIn. Esta rede promete explanar seus dados profissionais para os empregadores (que estão também participando da rede) ou até mesmo você ir atrás de empresas, parcerias, freelances. As possibilidades são inúmeras para seu crescimento profissional. Rodrigo Terron, é analista de planejamento e conta que conheceu a rede LinkedIn a 2 anos atrás, “Meu chefe havia saído da empresa e o RH estava buscando um novo profissional para substitui-lo e nesse processo comecei a olhar o LinkedIn, após isso decidi montar meu perfil”.

Perfil exemplo de como é a interface para quem utiliza a rede atualmente/ Crédito: Divulgação
Perfil exemplo de como é a interface para quem utiliza a rede atualmente (Crédito: Divulgação)

Com todas essas facilidades, ocorre alguns obstáculos que os usuários desta rede social específica da área profissional devem ficar muito atentos. Como esta é uma ferramenta mais séria, ela não se resume em apenas seu currículo virtual, é sua auto-imagem profissional, é como seus futuros chefes ou empregados irão te ver. Pelo menos é o que Dan Sherman disse à imprensa, autor do livro “Obtendo o Máximo do LinkedIn” (Editora M.Books).

Guru e especialista na rede LinkedIn e autor do livro "Obtendo o máximo do LinkedIn"/ Crédito: Divulgação
Dan Sherman, Especialista na rede LinkedIn / Crédito: Divulgação

O guru completa dizendo, “Hoje existe uma maneira nova de interagir. Você pode ler tudo sobre o tomador de decisão ou o gerente de contratação que você quer atingir, saber quais são os seus objetivos, o que os motiva… E criar uma mensagem sob medida para eles. Antes do LinkedIn, você simplesmente não tinha acesso a essas informações, porque elas não existiam em lugar nenhum”.

Juan Andrade, é web design contratado, mas, executa também alguns freelance, quando questionado sobre o uso do LinkedIn ele ressalta, “Uso para estar por dentro de curiosidades a respeito de minha área de atuação (artes e design), pois participo de grupos de profissionais da área. E também uso ele para saber de vagas de emprego em diversas localidades e empresas”. Juan comenta que no começo foi um pouco confuso pois não sabia direito como funcionava cada ferramenta dessa rede para profissionais, mas conclui que foi mexendo até aprender como utilizá-la e no final conseguiu se inteirar muito bem. Rodrigo Terron, citado no começo da matéria, e Juan se conheceram através do LinkedIn e tiveram uma experiência profissional positiva: Rodrigo procurava alguém específico para fazer a arte virtual para um site e buscou na rede um meio de analisar portfólios para chegar no profissional que desejava. Assim ele encontrou alguns trabalhos que Juan havia disponibilizado e o contratou para um freelance. Lembrando que Juan mora em Jaguariúna, interior de São Paulo e Rodrigo na capital, o que significa que estas experiências profissionais podem acontecer de qualquer lugar sem precisar estar perto fisicamente.

Juan Andrade, web design e usuário da rede LinkedIn/ Crédito: Alef Gabriel
Juan Andrade, web design freelance acessando seu perfil na  rede LinkedIn (Crédito: Alef Gabriel)

Algumas dicas e orientações para você que tem (ou ainda não) um perfil profissional no LinkedIn e fica com dúvida sobre o que fazer ou como se portar de maneira a atingir seus objetivos na rede:

– Segundo Dan Sherman, ter um perfil ou um currículo virtual no LinkedIn não é o suficiente. As pessoas criam o perfil e esperam que o emprego venha até elas e não bem assim que funciona. Você deve “vender” sua imagem no meio profissional, assim: participando de discussões, compartilhando conteúdo relevante/interessante, manter contato com profissionais de sucesso e empresas que você está “mirando”.

– Não utilizar o perfil somente quando você está desempregado e desesperado. É um erro comum dos usuários, depois que começam a trabalhar esquecerem do perfil profissional e não o atualizarem, perdendo chance de crescer profissionalmente e de aumentar seu networking. Recomendado é que esteja sempre que puder ativo, participando de grupos e mantendo relações. Os resultados para que isso aconteça é de médio/longo prazo, especialistas calculam que em torno de 3 meses você esteja começando a construir sua rede de contatos profissionais.

– É preciso investir em um resumo que chame a atenção de recrutadores, fazendo com que ele sinta-se curioso a olhar o restante do perfil. Venda o seu peixe da melhor forma que conseguir. Escolha uma boa foto profissional para ilustrar sua página pessoal – já que dados mostram que perfis que possuem fotos são vistos sete vezes mais do que aqueles que não possuem imagem.

– Rodrigo Terron compartilha conosco outra dica “Uma coisa legal que comecei a fazer e ajudou muito, foi criar a cultura de sempre que ver alguma palestra ou evento adicionar os profissionais que se apresentaram e mandar mensagens comentando sobre o evento.”

Para os mais ativos nas redes, o aplicativo do site está disponível para Android, iOS e Windows Phone./ Crédito: Divulgação
Para os mais ativos nas redes, o aplicativo do site está disponível para Android, iOS e Windows Phone. (Créditos: Divulgação)

E você já faz parte dessa rede social para profissionais? Conseguiu alcançar algum objetivo profissional através do LinkedIn? Deixe seu comentário compartilhando suas experiências.

Editado por Verônica Miranda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s