Conheça o trabalho dos mesários

Por Caio Coletti

(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)

simbolo_do_congresso_nacionalEssencial para o processo democrático, como a Justiça Eleitoral tem o costume de exaltar sempre que pode, o trabalho do mesário é temido pela maioria dos brasileiros. “Minha primeira reação não foi muito animadora, fiquei bastante desapontada”, conta a estudante de Jornalismo Leticia Oliver, que trabalhou pela primeira vez em 2014, na mesma seção eleitoral em que vota, em Hortolândia.

Convocação sem escape 

O horário extenso e o trabalho repetitivo são os aspectos que fazem a convocação para ser mesário parecer um castigo. Alicia Fusco já trabalhou em duas eleições, e sua primeira convocação foi justamente no ano em que fez o título eleitoral. “Fui notificada por carta e depois me ligaram do cartório para garantir que a carta havia chego”, conta a jovem de Jundiaí. “Minha primeira reação foi ficar revoltada pois não tinha nunca votado e já teria que trabalhar nas eleições, tentei achar várias maneiras de me livrar da convocação, até que acabei aceitando que teria que comparecer”.

A Justiça Eleitoral só aceita dispensa da função de mesário caso o cidadão convocado apresente pedido por escrito até cinco dias depois do recebimento da convocação. O pedido será apreciado por um Juiz Eleitoral, e pode ser aceito ou negado. Em caso de falta imprevista, o cidadão tem 30 dias para apresentar justificativa, ou será alvo de um processo por descumprimento da ordem judicial, com pena de multa entre R$17,00 e R$700,00, dependendo da decisão do juiz.

Dia de eleições

Após a convocação, cada cidade realiza um processo diferente de preparação do mesário. Em Hortolândia, por exemplo, o treinamento é presencial. “Participamos de um treinamento no qual foram entregues cartilhas contendo todas as informações que precisaríamos no dia da votação. Foi uma reunião bem explicativa e que tirou as dúvidas dos mesários convocados”, conta Letícia.

Já em Jundiaí, como conta Alicia, as orientações são dadas pelos presidentes das seções eleitorais, no dia do pleito. “No primeiro ano, os presidentes me explicaram o que seria feito e me deram algumas dicas; neste ano, peguei a mesma seção, as mesmas pessoas e o mesmo cargo, então foi mais fácil pois já sabia como lidar com o serviço”, relembra.

Veja abaixo um quadro prático sobre as etapas da convocação para mesário:

(Crédito: Caio Coletti)
(Crédito: Caio Coletti)

 

Veja aqui o Canal do Mesário 2014, do TSE

Casos curiosos

O que não falta no trabalho dos mesários durante todo o dia de eleições são casos curiosos e interessantes para refletir a situação democrática do Brasil. Nossas duas entrevistadas saíram dos seus dias como mesárias com histórias para contar.

“Um caso que me chamou muita atenção foi o de uma jovem que estava totalmente perdida sobre o que eram as eleições, de modo geral. Ela quis entrar na cabine de votação portando celular – o que é proibido – por estar vendo o número dos candidatos por lá. Recomendamos para que ela anotasse num papel e ela o fez bem na minha frente. Não sabia que eram cinco votos e tinha apenas dois números de candidatos. Me perguntou o que era um deputado estadual. Quando a presidente da mesa disse que se ela não sabia em quem votar, podia anular o voto, ela também não sabia como fazer isso”, lembra Letícia.

Alicia conta que a sua seção eleitoral ficou conhecida como “abençoada”, pela quantidade de problemas. “No segundo turno, ao chegarmos na seção, a urna estava com o horário errado e o pessoal do TRE teve que comparecer para fazer a manutenção. Logo após isso, mais ou menos as 7:30 da manhã, horário liberado apenas para quem trabalha nas eleições, chegou um eleitor na porta da seção dizendo que deixaram ele entrar e que ele queria votar, tivemos que pedir para o senhor aguardar por meia hora para poder iniciar a votação”.

Editado por Luana Freire

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s