Antes e depois do Sistema Cantareira

Por Fabiana Oliveira

Maio de 2012/ Abril de 2014 (Crédito: SãoPa)
Maio de 2012/ Abril de 2014 (Crédito: Reprodução)

 

seloaguaNa última quinta-feira (16/10), Vinhedo decretou estado de emergência por causa da crise hídrica que afeta a cidade, embora racione água desde novembro do ano passado. Desde fevereiro, Valinhos também vive o racionamento. Realidade que se repete em Indaiatuba, Cosmópolis, Nova Odessa, Saltinho, Americana, Santo Antônio de Posse, Vinhedo e por todo o estado de São Paulo.

Aqui em Campinas, 541 mil pessoas ficaram desabastecidas ontem (17/1o) e hoje esse número é de 137 mil pessoas. Segundo a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), a cidade não vive o racionamento, mas enfrenta problemas de abastecimento.

Como já foi abordado aqui no Digitais, há um ano atrás o Sistema Cantareira, um dos maiores sistemas produtores de água do mundo, que abastece 5,2 milhões de habitantes nas bacias PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí) e outros 9 milhões na grande São Paulo, já trabalhava com apenas aproximadamente 55% da sua capacidade total. Os números dizem muito, mas as imagens, talvez, “digam” ainda mais.

O site SãoPa reuniu imagens de satélite do Google, do Sistema Cantareira. São imagens de maio de 2012 em comparação com abril de 2014. O “antes” e o “depois”. Em abril, o Cantareira tinha 12% do volume útil. Hoje o saldo é negativo: não há mais volume útil disponível e parte do volume morto, impróprio para consumo, como sugere o nome, já está sendo utilizado. Para visualizar a diferença, clique aqui e arraste as setas no centro das imagens.

Leia mais sobre o tema

Editado por Nathani Mota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s