Fórum aborda alternativas para despatologização

Por Verônica Miranda

Fórum na Unicamp aborda tratamentos alternativos para diminuição de uso de medicamentos. (Foto/Divulgação)
Fórum na Unicamp aborda tratamentos alternativos para diminuição de uso de medicamentos. (Foto/Divulgação)

Nesta terça-feira (14), se inicia o fórum “Construindo Vidas Despatologizadas” na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), promovido pelo Fórum Pensamento Estratégico (Penses), em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade.

Serão quatro dias de evento, os temas discutidos são: como a genética tem sido cada vez mais a justificativa para medicalização, alternativas de tratamento para dependentes químicos e a humanização na relação entre médico e paciente. Estarão presentes médicos, psicólogos e educadores, brasileiros e do exterior. A abertura contará com a presença do coral Zíper na Boca.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Unicamp e são gratuitas.

Informações ou dúvidas:

Telefone: 55 19 3521-4171 (contato com Luciane)
e-mail: penses@reitoria.unicamp.br

Confira a agenda ou para maiores detalhes acesse.

14 de Outubro: 19h00 às 20h45

Abertura: Apresentação coral Zíper na Boca

Conferência: Deputada Maria do Rosário – Pedagoga, Deputada Federal, ex-ministra da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República

15 de Outubro: 09h30 às 17h30

Conferência: “A quem se ensina? Quem aprende? A (in) visibilidade da infância no cotidiano escolar”

Mesa redonda: ”Quem avalia? Quem se (des) comporta? A (in) visibilidade da criança”

Mesa redonda: “Viver é preciso, controlar não é preciso”

16 de Outubro: 9h30 as 17h30

Conferência: “A genética na encruzilhada entre os direitos humanos e a medicalização”

Mesa redonda: “Desconstruindo álibis da violência contra crianças e adolescentes”

Mesa redonda: “Táticas de produção e sustentação do humano em nós: por uma rede de cuidados despatologizantes”

17 de Outubro: 9h30 as 12h45

Conferência: “El encuentro médico-paciente: entre acoger um sujeto sufriente y reparar una máquina descompuesta.”

Conferência: “La medicalización y el consumismo. Medicalización de la sociedad y desmedicalización del arte”.

Roda de Conversa: “Dialogo entre la praxis y la reflexion. Donde, como, quien.”

Editado por Nathani Mota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s