A moda agora é não estar na moda

Por Daniela Castro

Atualizado em 06 de outubro às 18:41

Apontado pela agência de tendências K-Hole e pela NY Mag, a revista de moda do jornal norte-americano The New York Times, o termo Normcore ganhou a internet no último mês, sendo considerado a nova tendência de moda atual.

Segundo a consultora de estilo e imagem, Justine Armani, o Normcore é um termo usado para descrever um movimento despretensioso: “Uma moda muito básica, confortável, com um toque de androginia, e, sem pretensões de estar na moda” afirma.

Combinações simples e de cores neutras são a marca do Normcore (Crédito: Pinterest)
Combinações simples e de cores neutras são a marca do Normcore (Crédito: Pinterest)

Quem se veste assim preza pelo conforto: “Tênis, rasteiras, camisetas, moletons, jeans com cara de velho, jardineiras, macacão jeans, suéter, jaquetas jeans (tipo anos 80), peças de brechó, cartela de cores básicas, como preto, branco, cinza, e azul marinho. Nada que chame a atenção. Além disso, as modelagens são menos ajustadas” explica Justine.

Como é o caso do assessor de moda, Ruan Carlos, 21, que não se define fashionista, mas faz uso das peças básicas do Normcore no seu dia a dia: “Por ser homem esse estilo é praticamente obrigatório para mim, já que da maioria dos calçados masculinos, 80% são tênis. Considero a base do meu estilo as peças básicas e de cores neutras”, conta.

(Crédito: Daniela Castro)
(Crédito: Daniela Castro)

De acordo com a gerente de marketing da Tendere, empresa de Pesquisa de Tendências, Vivian Berto, será impossível distinguir entre quem já segue um jeito básico de se vestir e quem está seguindo a tendência: “A moda se apropria desse estilo e o transforma em mais um estilo de moda. É difícil saber quem é o Normcore original ou quem está seguindo a moda” afirma Vivian.

Para a consultora Justine Armani, a melhor postura para adotar diante de tantas referências e novas modas surgindo a cada dia, é ser fiel à sua personalidade: “É preciso filtrar tudo o que as tendências oferecem, e usar somente aquilo que atenda ao seu estilo e seu modo de vida. Como dizia Coco Chanel, “a moda passa, mas o estilo permanece”. Acho que as pessoas estão despertando para a necessidade do autoconhecimento e cada vez mais, querendo mostrar sua individualidade, independente de modismos” finaliza.

 

Editado por Nathani Mota

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s