Aplicativos incentivam cidadania urbana

10470892_750387841685893_2222433780975602393_n
Usuário envia foto de problemas para o aplicativo Cidade Legal. (Crédito: Jacqueline Fernandes)

Por Jacqueline Fernandes

Atualizada em 03 de outubro, às 10:07

Diariamente somos cercados por diversos problemas urbanos que prejudicam nossa rotina: postes de iluminação sem luz, ruas esburacadas, restaurantes sem acesso para deficientes físicos. São várias as situações que geram mau estar na população.

Pensando nisso, desenvolvedores de aplicativos estão criando programas que facilitam a cidadania. É possível desde alertar sobre buracos nas estradas até achar restaurantes que aceitem cachorros no local. Conheça três aplicativos direcionados para o desenvolvimento do exercício de cidadão e da sociedade.

AquiPode

Certamente você já foi em algum estabelecimento, entrou e pensou, “quem montou isso não pensou em pessoas como eu”, especialmente se você ou seus acompanhantes são fumantes, cadeirantes, idosos, precisa de Wi-Fi, tem cachorro ou bebê e crianças. Com o aplicativo AquiPode, o usuário faz uma busca filtrada nas suas necessidades. O app sugere os locais que se adequam ao que a pessoa procura.

Além do aplicativo, a arquiteta Milena Hannud criou também o site que funciona de modo “colaborativo”, onde os comerciantes podem cadastrar seus estabelecimentos. ” O Aquipode é um guia colaborativo que busca valorizar os estabelecimentos que conferem cidadania e inclusão a essas pessoas. É uma plataforma criada para usuários, blogueiros e jornalistas”, afirma Hannud.

Algumas cidades da Região Metropolitana de Campinas, tem seus estabelecimentos cadastrados no guia do aplicativo.

Sem título
Estabelecimentos comerciais de Campinas cadastrados no AquiPode (Crédito: Divulgação)

Cidade Legal

Você está andando pela calçada e vê pela frente um enorme buraco. A má conservação de vias públicas causam transtornos para os cidadãos diariamente. A maioria das pessoas não sabe como denunciar esses problemas aos governantes.

E se existisse um aplicativo colaborativo, onde o cidadão relatasse todos os problemas da sua cidade? Essa é a ideia principal do Cidade Legal, desenvolvido pela CEO da WBF Mobile, empresa especializada em fornecer soluções ao mercado móvel na criação de aplicativos.

Segundo Wilson Baraban, a maior dificuldade está na entrega dos relatórios aos órgãos públicos para que tomem conhecimento dos problemas relatados pelos usuários. “Porém temos vários relatos por e-mail e pela fanpage de cidadãos que reclamaram no aplicativo e na mesma semana o problema foi resolvido. Algumas fanpages de prefeituras já postaram para que seus munícipes utilizassem o aplicativo para reclamar dos problemas”, contou Baraban.

cidadelegal
Aplicativo permite o registro de denúncias enviadas pelos usuários. (Crédito: Divulgação)

O Cidade Legal já está disponível em 3 idiomas: Português, Inglês e Espanhol. Há marcações de problemas urbanos em mais de 55 países. No Brasil os problemas registrados ultrapassam 600 cidades e até o momento mais de 5.800 problemas foram relatados.

Colab

A ideia principal do Colab é ser uma ferramenta de monitoramento que vai ajudar os cidadãos no seu dia-a-dia. Basta o usuário fotografar alguma irregularidade na cidade, como carros estacionados em local proibido, vias acidentadas ou mesmo focos de dengue. A foto deve ser publicada no smartphone ou via web para que a prefeitura seja notificada do problema e tome ações corretivas e preventivas. Segundo a assessoria da Colab, a “ponte” entre as prefeituras e as reclamações da população é feita através de parcerias.  “Quando uma prefeitura é parceira do Colab.re – atualmente são 30 cidades em todo o País –  ela tem à disposição o painel de gestão Monitor Colab.re, onde é possível dar um retorno direto para o cidadão de forma personalizada”.

follow-the-colours-colab-re-2
Aplicativo ajuda a fiscalizar problemas urbanos. (Crédito: Divulgação)

Em um ano, a ferramenta recebeu 10 mil fiscalizações de usuários.  Em 2013 a ferramenta foi eleita o Melhor Aplicativo Urbano do Mundo no prêmio AppMyCity! da fundação franco-suíça New Cities, dedicada a soluções urbanas. Em agosto deste ano, venceu a categoria m-Government & Participation do capítulo brasileiro do WSA Mobile, maior premiação do gênero no mundo, e agora se prepara para a etapa mundial da competição que acontece no próximo mês.

Lei de incentivo a aplicativos nacionais

Smartphones produzidos no Brasil passaram a receber desde 2013, isenção do imposto PIS/Cofins. O benefício é válido, no entanto, apenas para aparelhos que saírem de fábrica com um pacote de pelo menos cinco aplicativos brasileiros. Esta cota deve aumentar gradualmente ao longo de 2014, chegando a 50 até dezembro deste ano. O objetivo da lei é dar visibilidade aos sistemas nacionais e também beneficiar todo o setor.

Editado por Caroline Roque e Nathani Mota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s