14º Parada do Orgulho LGBT de Campinas reúne 15 mil pessoas

Grupo da UNICAMP participa do movimento em apoio a criminalização da homofobia / Crédito: Martha Raquel Rodrigues
Grupo da UNICAMP participa do movimento em apoio a criminalização da homofobia (Crédito: Martha Raquel Rodrigues)

Por Martha Raquel Rodrigues

Aconteceu no último domingo (21), a 14ª edição da Parada do Orgulho LGBT de Campinas. Com um ano de planejamento, a equipe de organização contou com dois trios elétricos, e várias atrações durante o dia. Segundo um dos organizadores, Douglas Holanda o evento é aberto a toda população de Campinas e região. “Na verdade nós temos um mês da diversidade, onde a gente começa com a gincana no Taquaral, um evento para a família e para as crianças, pra gente brincar com todo mundo, interagir, e assim vai o mês inteiro. Hoje, no dia da parada, nós começamos com um trio, faremos o trajeto, e teremos o encerramento com shows de drags, bandas ao vivo, DJs, e um discurso pra finalizar”, explica Douglas.

Campinas tem a maior parada gay do interior paulista, e atrai diferentes públicos. Fernanda Martins e Pablo Vieira levaram a filha Valentina, de 3 anos pela primeira vez na Parada Gay de Campinas. Vera Lúcia também levou a sobrinha, Beatriz Vitória de 12 anos com o consentimento da mãe.

Lilian Arruda, de 74 anos, faz parte do grupo Mães pela Igualdade (o grupo surgiu em 2011 após o deputado federal Jair Bolsonaro, do PP, dizer que nenhum pai teria orgulho de ter um filho LBGT), e todos os anos acompanha o filho na parada. Elizabeth Botelho, de 60 anos, e a mãe Ruth Botelho, de 85, frequentam a Parada Gay há mais de 5 anos. Elas apoiam o movimento, e pretendem não deixar a tradição morrer.

Depoimento

Murilo Buck e Wesley Bravo,  participantes do movimento contra a homofobia (Crédito: Martha Raquel Rodrigues)
Murilo Buck e Weslley Bravo, participantes do movimento contra a homofobia (Crédito: Martha Raquel Rodrigues)

“A parada gay é um símbolo para nós gays que queremos direitos iguais na sociedade. Muitas pessoas podem não gostar ou aceitar muito a nossa forma de se manisfestar, e muitos gays podem não saber se manifestar da maneira correta. Mas nós tentamos fazer da maneira mais ‘nossa’ possível que é dançando, cantando e se fantasiando, muitas vezes mostrando o que temos de melhor e outras vezes sendo sinceros com a sociedade e mostrando nosso pior.
Nós queremos casar, nós queremos ter filhos e nós queremos sair na rua sem ter medo de morrer pelo simples fato de sermos gays, lésbicas, travestis e transgêneros, e nós temos o direito a isso. Pois antes de sermos declarados gays nós somos humanos, temos carne osso e somos feito de sentimento como todos. Que um dia a sociedade consiga enxergar isso.” – Weslley Bravo, à direita do namorado Murilo Buck.

Números

Segundo a Secretaria da Cultura e a Guarda Municipal de Campinas participaram da Parada Gay de Campinas cerca de 15 mil pessoas. 2 pessoas foram encaminhadas para o Pronto Socorro do São José por causa de uma briga que começou na passeata.

A Guarda Municipal deteve 2 pessoas por furto e roubo de celular, e 2 pessoas por tráfico de drogas (30 papelotes de cocaína e 14 de maconha, 9 pedras de crack e R$180,00 em dinheiro). No total cerca de 30 pessoas tiveram seus aparelhos de celular furtados.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Editado por Bruna de Oliveira

1 comentário

  1. se pararmos pra rever a histódia da humanidade sempre existiu gays
    e ao passar dos milenios foram feitas varias conquista neste sentido apesar que se formos analisar hoje mesmo que ainda tenha preconceito a maioria dos páis amam seus filhos do jeito que eles escolheram pra vir pra este nossso mundo chegaremos ao dia que o preconceito não vai mais exisitir quando o ser humano se colocar no lugar do outro .parabéns pela matéria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s