Protesto marca abertura da 7 ª Conferência Mundial de Pesca

Por Guilherme Luz

No dia 1 º de Setembro foi inaugurada a 7 ª Conferência Mundial de Pesca Recreativa (WRFC, sigla em inglês) na UNICAMP. A conferência foi marcada por um protesto pacífico que se iniciou no intervalo entre a abertura e a mesa redonda. Os protestantes são contra a pesca recreativa feita pelo Coletivo Libertário Vegetariano (COLVE). Também discordam da realização da 7 ª Conferência Mundial de Pesca por condenarem a possibilidade de expor o animal à mutilação, mesmo que ele sobreviva a crueldade a que é submetido, não sendo justificada como proposito recreativo.

manifestante mostrando cartazes feitos contra a pesca (Crédito: Guilherme Luz)
Manifestante mostrando cartazes feitos contra a pesca (Crédito: Guilherme Luz)
Cartaz do protesto em alusão a frase de pescador "que história de pescador" (Crédito: Guilherme Luz )
Cartaz do protesto em alusão a frase de pescador “que história de pescador” (Crédito: Guilherme Luz )

O evento acontece até o dia 04/09, tendo como tema principal a mudança, transformação e adaptação na pesca desportiva. Está é a primeira vez em que o evento é realizado em um país em desenvolvimento, com a esperança que seus efeitos sejam sentidos em todas as regiões do país.

Nigel Lester fazendo a abertura da Conferência (Crédito: Guilherme Luz)

A abertura foi feita pelo canadense Nigel Lester. “Para se ter uma pescaria eficiente é preciso ter todo o processo da atividade bem claro e envolver todas as pessoas”, explicou Lester.

Ele contou também como é o trabalho de desenvolvimento do Canadá, alertando como são as legislações vigentes no país. “Temos que olhar para os lagos com um olhar diferente. É preciso saber que temos que gerenciá-los e não apenas explorá-los”, salientou.

Após a abertura houve uma mesa redonda coordenada por Katia Freire, pesquisadora da Universidade Federal de Sergipe, tendo como convidados o Professor Rashid Sumaila (Canadá) e Brad Gentner (EUA). A mesa redonda teve como principal objetivo a discussão dos impactos positivos e negativos da pesca esportiva em todas as áreas, mas principalmente na área econômica em que os convidados eram especialistas.

Rashid Sumaila a esquerda Katia Freire no centro e  Brad Gentner  a direita
Rashid Sumaila a esquerda Katia Freire no centro e Brad Gentner a direita (Crédito: Guilherme Luz)

Editado por Ana Luiza Sesti e Paula Fonseca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s