Classes Hospitalares terão professores regentes em sua nova versão

Por Claudia Müller

O programa Classes Hospitalares da prefeitura de Campinas será reformulado. A partir de agora, um professor regente será o responsável pela adaptação do conteúdo, pelas avaliações do aluno, entre outras atividades, e não mais um profissional de educação especial, como funcionava anteriormente. O programa deverá funcionar com essa nova configuração após os processos seletivos para escolha dos professores, que acontece no próximo mês de junho. O projeto consiste no ensino infantil e fundamental para crianças que estão internadas nos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde.

O conteúdo pedagógico nas classes hospitalares está vinculado a uma escola de referência para cada hospital. Os alunos do Mário Gatti seguem a programação da EMEF Professora Anália Ferraz da Costa Couto e o Ouro Verde, a EMEF Carmelina de Castro Rinco. As aulas são ministradas em salas dos hospitais ou, dependendo do estado de saúde do aluno, nos próprios leitos. As atividades são adaptadas de acordo com o estado de saúde do paciente e duram cinco horas por dia em todos os dias da semana, com o acompanhamento do professor e de um profissional de educação especial na orientação das atividades.

“É obrigatório oferecer esse atendimento e é de extrema importância para os pacientes”, afirmou o diretor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Julio Antônio Moreto. Essa modalidade de ensino faz parte da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e da política de Educação Inclusiva da Rede Municipal de Educação.

Seleção

No dia 11 de junho serão selecionados os profissionais que atuarão nas classes hospitalares, de acordo com avaliação da documentação exigida e entrevista com os candidatos. A seleção ocorrerá nas dependências da Secretaria Municipal de Educação (SME).

O projeto existe na cidade desde a década de 90 e começou com a instalação de uma brinquedoteca no Hospital e Maternidade Celso Pierro, da PUC-Campinas, e uma classe hospitalar no Mário Gatti.

 

Diretrizes do projeto Classes Hospitalares (Crédito: Claudia Müller)
Diretrizes do projeto Classes Hospitalares (Crédito: Claudia Müller)

 

Editado por Camila Correia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s