Especialista fala sobre as consequências da discriminação na cultura organizacional

Adriano-Amcham
Adriano Araújo, especialista em cultura organizacional

Por Rodrigo Rabelo

Estudo divulgado em 2012 afirma que, embora 51% das mulheres estejam no mercado de trabalho, elas chegam a ser renumeradas em até 30% menos que homens na mesma função. No campo racial, as coisas não são diferentes, como indica pesquisa do IBGE divulgada em fevereiro de 2014, que alerta para o fato de que, embora a população negra represente 2/3 da população economicamente ativa no Brasil, ela permanece marcada pela desigualdade no ambiente de trabalho, ocupando geralmente cargos mais baixos e chegando a ganhar 42% menos do que outro trabalhador na mesma função.

Embora sejam grupos notoriamente discriminados, eles não estão sozinhos no ambiente de trabalho. Para Adriano Araujo, especialista em cultura organizacional, “a discriminação pode ser estendida aos campos de idade, cor, raça, religião, estado cívil, algum tipo de doença, a empresa pode inclusive não considerar ou reprovar o candidato devido ao peso da pessoa, isso tudo é considerado como discriminação”.

Adriano complementa ainda que, além de prejudicial a própria pessoa atingida, “a discriminação atua como um agente corrosivo na cultura da empresa, gerando também impacto no clima da organização, principalmente com o advento das mídias sociais, onde as informações são disseminadas com velocidade muito rápida, não se restringindo somente ao departamento ou empresa, mas também chegando ao alcance da opinião pública.

De acordo com Adriano, isso gera inclusive consequências mercadológicas, pois “ninguém quer comprar uma marca que pratica discriminação, então isso na verdade acaba criando um efeito muito maior do que se imagina.”

Para o especialista, uma forma eficiente de combater a discriminação no ambiente de trabalho se dá pela “conscientização através da educação nas empresas, não é somente aplicando uma multa que o problema será resolvido.”

Editado por Victor Donato e Bruno Accorsi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s