Ataques a animais reforça patrulhamento em Hortolândia

Por Gustavo Gimenez

A Guarda Municipal de Hortolândia vai reforçar o patrulhamento no bairro Jardim do Bosque após atender ocorrências de ataques sexuais a animais. No dia 06/05, o idoso identificado como F.G., 74 anos, foi encaminhado para prestar depoimentos na Delegacia de Hortolândia, suspeito de abusar de uma cadela na sua propriedade. Ele foi ouvido, liberado e a Polícia Civil investiga o caso.

Foto: GM de Hortolândia
Segundo os moradores, é comum a aparição de cães nas proximidades da casa do idoso

Os moradores do bairro estão revoltados com a situação e pedem ainda mais atitude da Prefeitura e da Polícia. “ Ele sempre traz cachorras da rua em uma carriola para dentro de casa. Essa não é a primeira vez que aconteceu. Outro dia, uma veterinária socorreu a cachorra e levou para a clínica dela. Ela estava inteira machucada e marcada”, afirma Lealdo Abreu.

A situação que impressiona a população é considerada normal para o psicólogo comportamental, Reginaldo do Carmo Aguiar. “Esses casos são comuns tanto na literatura, quanto no dia-a-dia. A gente chama isso de parafilia, que são comportamentos sexuais diferentes praticados por um ou mais indivíduos”, afirma.

Arte: Gustavo Prado

“Tanto a zoofilia, como é no caso, como as outras parafilias podem trazer transtornos graves para os praticantes. É comum que o indivíduo não consiga mais fazer sexo de outra forma que não seja do jeito que está acostumado. Isso se transforma em uma doença”, explica Aguiar.

Editado por Carolina Junqueira e Bianca Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s