Exposição sobre a arte paulista atrai escolas à galeria da CPFL Cultura

Por Carolina Junqueira

A mostra 100 anos de arte paulista, do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, ocorre na galeria de arte da CPFL Cultura e receberá grupos de alunos do ensino fundamental quase todos os dias. Mesmo aberta a todos os interessados, desde o dia 10 deste mês, as escolas têm se mostrado o público mais interessado.

A mostra reúne mais de 50 obras de artistas nascidos ou atuantes no Estado de São Paulo nós últimos 100 anos (Foto: Carolina Junqueira)
A mostra reúne mais de 50 obras de artistas nascidos ou atuantes no Estado de São Paulo nos últimos 100 anos

A mostra é uma parceria entre a Pinacoteca e a empresa de energia. Ambas completam um século este ano, o que explica o tema escolhido. Com curadoria de Valéria Piccoli e José Augusto Ribeiro, a exposição conta com obras de artistas necessariamente nascidos ou ativos no estado de São Paulo entre 1912 e 2012, que estão dispostas de forma cronológica.

Logo na entrada da galeria está exposto o Autorretrato, da campineira Beatriz Pompeu de Camargo. Mais adiante, estão Tarsila do Amaral, com a obra Estudo para paisagem de fazenda, e Cândido Portinari, com Trabalhador bebendo água. Conforme o visitante percorre a exposição, ele encontra obras que tendem mais ao modernismo, chegando finalmente ao segundo módulo da mostra: o abstracionismo e a arte pop.

A exposição começa com o Autorretrato, de Beatriz Pompeu de Camargo
A exposição começa com o Autorretrato, de Beatriz Pompeu de Camargo

Esses movimentos são estudados no ensino fundamental e, por conta disso, “há mais agendamentos do que visitas individuais, aproximadamente um grupo de 60 alunos por dia”, afirma Letícia, recepcionista da galeria.

Para a artista plástica e professora de educação artística, Wal Wannucci, o contato real com as obras é essencial para o estudante. “Visitar uma exposição é a chance de os alunos reconhecerem e memorizarem os artistas que estudamos em sala de aula. É uma forma de colocar a teoria em prática”, comenta.  Além disso, ela ressalta que “é importante essa mostra estar aqui em Campinas, porque nem sempre os estudantes daqui e da região têm a oportunidade de ir à Pinacoteca”. Por fim, a artista plástica diz que “é interessante e necessário haver o reconhecimento dos artistas do estado de São Paulo, tanto dos mais clássicos quanto dos que estão se projetando agora”.

A exposição vai até o dia 10 de julho, na galeria de arte da CPFL Cultura, de terça-feira a domingo, das 10:00 às 18:00, com entrada gratuita.

Editado por Juliana Figueiredo e Priscila Carvalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s